24 de outubro de 2016 Marcelo Rama

Você sabia que a maneira de conteúdo que o Facebook mais está valorizando são os formatos de vídeos? A transmissão ao vivo é um recurso que vem ganhando cada vez mais espaço com as Lives no Facebook. Além de prever um grande aumento na produção e no consumo de vídeos com a popularização da Live, a rede social ainda espera um crescimento do engajamento do público com os vídeos.

Gerar engajamento é fundamental no Facebook. Sem engajamento, seu conteúdo não é distribuído, graças ao Edgerank.

Como já mencionamos em matérias anteriores o EdgeRank é que escolhe o que vai para o feed de notícias das pessoas, e já que esse algoritmo prioriza conteúdos com engajamento, você precisa começar a pensar em estratégias para conquistar mais engajamento e assim, aparecer no feed de notícias dos seus seguidores.

O Facebook Live já está habilitado tanto para iOS quanto Android, independentemente de ser para uma página ou no próprio perfil pessoal. Se ainda está com dúvidas de como melhor utilizá-lo, reunimos uma lista dicas essenciais para conseguir fazer uso do Facebook Live sem precisar comprar equipamento especializado.

1-cronograma
Faça um cronograma de transmissões ao vivo

Organize sua agenda e use a ferramenta em ocasiões nas quais esse formato é
relevante, para não saturar seus amigos ou seguidores.

 

 

 

2-expectativaCrie expectativa avisando seu público com antecedência sobre a Live no Facebook

Embora o Facebook notifique os seguidores de sua página quando você entra ao vivo, não custa avisá-los antes. Crie expectativa em sua audiência, desperte o sentimento de que o conteúdo que será transmitido é inédito e imperdível.

 

 

3-tema

Tema

Um tema de uma Live faz toda a diferença, assim você consegue chamar a atenção de quem já conhece o seu trabalho e de quem ainda não conhece.

 

 

 

 

4-notificarLembre o seu público de seguir a sua página para receber notificações

Durante as Lives no Facebook, informe ao seu público que é possível “seguir” a sua página e receber notificações da próxima vez que você entrar ao vivo.

 

 

 

 

5-roteiroFaça um roteiro

Como a transmissão é ao vivo e qualquer gafe não poderá ser consertada, é mais importante ainda criar um bom roteiro para não se perder durante a transmissão. Vale notar que normalmente o Live leva mais tempo que a transmissão padrão via Youtube. Ou seja, fazer um roteiro se torna bem importante!

 

 

6-interagirInteraja com o público

Se você está transmitindo ao vivo, espera-se que as perguntas sejam respondidas (não precisam ser todas, só as mais relevantes). Aproveite para citar o nome do espectador, isso vai mostrar que você está atento e disponível ao seu público. Se quiser, peça a eles que digam se o som está bom, se o tema foi interessante e se o formato do vídeo agradou.

 

 

7-analiseAnalise os seus resultados

Você precisa analisar as suas transmissões ao vivo para que possa melhorar em cada uma delas. Não basta só você fazer a Live e “esquecer” daquele conteúdo, o mais importante é que você veja o que está funcionando e o que não está funcionando para o seu público.

 

 

Lembre-se que o seu principal canal de comunicação em uma transmissão ao vivo é a sua voz. Antes de começar um vídeo, garanta a menor quantidade de ruídos externos, como vento e trânsito; até mesmo notificações que fazem o aparelho vibrar podem atrapalhar.

Gostou do conteúdo? Deixe o seu comentário e nos diga o que você faz nas suas lives e se esse conteúdo foi importante para você!

, , ,