8 motivos para escolher uma agência de marketing digital

25 de setembro de 2017
PUBLICADO EM blog
25 de setembro de 2017 Marcelo Rama

Você trabalha na área de marketing da sua empresa e chegou à conclusão de que contratar uma agência é a melhor opção para o negócio. No entanto, está na dúvida se escolhe uma agência de marketing digital ou uma tradicional?

Além da segmentação do público-alvo, o custo de uma campanha no digital é menor do que em mídia impressa ou na televisão e o monitoramento do desempenho é bem mais fácil. O investimento online ainda sai ganhando no quesito interatividade, em especial nas redes sociais, com seus comentários e compartilhamentos.

Acompanhe o post de hoje e veja 8 motivos para você escolher uma agência de marketing digital para a sua empresa. Boa leitura!

1. Equipe capacitada e atualizada

Na hora de desenvolver a sua estratégia online, faz muita diferença contar com uma equipe que tenha know-how. É muito importante que os profissionais envolvidos dominem todas as etapas do processo: realização do diagnóstico, definição de objetivo, elaboração do plano de ação e mensuração de resultados.

Diante da velocidade do mundo digital, é preciso que se invista constantemente em atualização. Empresas como o Google e o Facebook possuem programas de certificação para agências parceiras de marketing digital, que incluem tanto a qualificação quanto o treinamento dos seus colaboradores.

2. Portfólio

Todas as agências de marketing digital costumam montar portfólios com seus cases de sucesso. É válido que você conheça, através deles, quais eram as necessidades dos clientes e como os desafios foram enfrentados pela equipe. Dessa forma, você vai notar as especificidades daqueles que têm um olhar mais voltado para a mídia online.

Vale a pena também checar os depoimentos divulgados no site da agência e, se possível, conversar com quem já foi atendido por ela para saber o grau de satisfação com os serviços.

3. Comunicação interativa

No marketing tradicional, o público apenas recebe a mensagem passivamente. No universo online, a comunicação é mais informal e, principalmente, interativa.

As agências de marketing digital imprimem, naturalmente, essa característica em todos os materiais que produzem. Afinal, todo conteúdo pode (e deve) ser curtido, comentado e compartilhado, não é mesmo?

4. Ranqueamento nos mecanismos de busca

Não basta apenas ter um site na internet — você precisa garantir um bom posicionamento no ranking orgânico dos mecanismos de busca para ter visibilidade e, consequentemente, ganhar autoridade na sua área.

Você sabia que existem cerca de 200 aspectos que influenciam o ranqueamento da sua página pelo Google? No entanto, o buscador mais usado do mundo não informa claramente quais são esses fatores, de modo que as pessoas não conhecem seu algoritmo em profundidade.

Dessa forma, apenas profissionais especialistas em otimização de sites e blogs dominam tais critérios. É necessário ter o conhecimento em técnicas de SEO (Search Engine Optimization, em português Otimização dos Mecanismos de Busca), tanto no on page como no off page.

São considerados fatores de SEO on page: conteúdo de qualidade, palavras-chave bem escolhidas e URLs amigáveis. Para trabalhar o off page, vale a pena investir em backlinks, que são links de páginas relevantes que levam até o seu site. Essa estratégia é chamada de link building.

Deu para perceber que o assunto não é para leigos, concorda?

5. Mensuração de resultados

É claro que todas as etapas do desenvolvimento de uma estratégia online são importantes. Contudo, a mensuração dos resultados ganha um papel ainda mais relevante em uma agência de marketing digital.

Afinal, a possibilidade de monitoramento do desempenho de cada ação é o principal diferencial dessas estratégias em relação ao marketing tradicional.

Com o Big Data e o Business Intelligence, não faz sentido abrir mão da quantidade de dados disponíveis, já que eles contribuem para um planejamento inteligente. Como os números de web analytics vêm de fontes variadas, é necessário saber organizá-los para que façam sentido.

Ninguém duvida que, quanto mais uma empresa puder tomar decisões baseadas em números e menos em achismos, maior será sua vantagem competitiva.

6. Adoção de Indicadores-Chave de Desempenho

Você usa o Google Analytics para acompanhar a performance do seu site, blog ou loja virtual? Pois saiba que o acompanhamento das métricas é somente uma parte do trabalho.

É preciso ter em mente o objetivo da sua campanha para ser capaz de definir quais KPIs (Key Performance Indicators, em português Indicadores-Chave de Desempenho) são mais adequados. Essas ferramentas fazem parte da rotina dos profissionais das agências de marketing digital.

Existem KPIs estratégicos, táticos e operacionais — cada um desses grupos está voltado para um público específico. Por exemplo, se a sua intenção é mostrar o resultado de uma ação para superiores, cabe fazer uso de KPIs estratégicos como a quantidade de leads e o seu custo de aquisição.

7. Otimização de Retorno Sobre Investimento

O ROI (Return on Investment, em português Retorno Sobre Investimento) é um dos KPIs considerados mais relevantes, porque mede o retorno financeiro de um negócio.

Com o Google Analytics, por exemplo, é possível saber quais canais online trazem os melhores resultados e, assim, investir neles. Por isso, é muito importante contar com uma agência de marketing digital, que possui uma equipe de perfil analítico para a otimização do ROI da sua empresa.

8. Uso de métricas adequadas

Se você leu até aqui, já deve ter se convencido da importância de uma presença online para o sucesso do seu negócio, não é mesmo? Para que isso ocorra, não basta apenas criar um site ou ter perfis em redes sociais. Os resultados só aparecem para as empresas que investem em uma estratégia de marketing que traga resultados comprováveis.

Assim, é um grande risco adotar métricas de vaidade para analisar o seu desempenho, especialmente nas mídias sociais.

São chamados assim os números que, embora sejam atraentes quando vistos de relance, não contribuem para as suas tomadas de decisão. Essas métricas não devem ser dispensadas, mas muito menos consideradas KPIs do seu planejamento.

Por isso, tenha atenção na hora de escolher quem vai cuidar do seu marketing. O conhecimento online e, mais importante ainda, o comprometimento com a prestação de contas das suas ações são características de uma boa agência de marketing digital.

Agora que você já conhece as razões para escolher uma agência de marketing digital, entre em contato conosco e veja como podemos fazer a sua empresa crescer no universo online!