Como tornar um site seguro? 4 hacks infalíveis

10 de fevereiro de 2020
PUBLICADO EM blog
10 de fevereiro de 2020 Marcelo Rama

Para conseguir gerar mais leads por meio de tráfego orgânico, aumentar o número da sua base de clientes e também o volume de vendas, não basta, por exemplo, investir em estratégias de Marketing Digital. É fundamental que o usuário se sinta confortável na sua página. Por isso, é importante saber como tornar um site seguro.

Afinal, um estudo da Serasa Experian mostra que 80% dos brasileiros se preocupam com a segurança dos seus dados e informações no ambiente online. Dessa forma, para que você consiga fortalecer a presença digital da sua empresa, parte importante desse trabalho é colocar em prática alguns hacks que vão deixar as suas páginas mais seguras.

Mas você sabe exatamente o que fazer? Para tornar essa tarefa mais fácil, preparamos este artigo, com algumas dicas que vão ajudar você a tornar um site seguro. Continue a leitura para conhecer mais sobre a certificação SSL e outros tópicos importantes para destacar a sua marca no cenário digital. Confira!

O que é e como funciona o certificado SSL?

Um dos mecanismos mais eficientes quando o assunto é segurança no ambiente digital é, sem dúvidas, o certificado SSL (Secure Socket Layer). Na prática, é uma proteção que garante a segurança das informações trocadas em uma página na internet. A partir dessa certificação, o site passa a estar protegido contra eventuais ataques e/ou vazamentos.

Em resumo, o objetivo do certificado SSL é assegurar que as informações — dados cadastrais, documentos e até mesmo números de cartões de crédito — não fiquem expostas à ação de hackers e softwares maliciosos. Por meio de algoritmos de criptografia, a página que tem a certificação se torna um ambiente mais seguro.

Por mais que não veja o que acontece nos bastidores, o usuário recebe a informação da certificação daquela página em que ele está entrando. É muito comum que os próprios navegadores utilizem recursos visuais para assinalar que aquele ambiente é, de fato, seguro. No caso do Google, o Chrome notifica os usuários de que o site não oferece segurança.

Ao contar com a certificação SSL em suas páginas, você aumenta a autoridade do seu domínio, o que, consequentemente, proporciona um melhor posicionamento das suas páginas nos mecanismos de busca da internet. Na prática, o aumento no volume do tráfego se torna mais um benefício para a sua marca ao proporcionar mais segurança ao usuário.

Afinal, você não se sentiria confortável em divulgar as suas informações pessoais e/ou bancárias em uma página que vem com um aviso de que ela não é segura, certo? O propósito dessa certificação é justamente oferecer uma segurança maior ao usuário, para que ele possa se concentrar, exclusivamente, na escolha de um produto, por exemplo.

Quais são os 4 melhores hacks para tornar um site seguro?

Que tal, então, saber quais as práticas que você precisa adotar e como tornar um site seguro? Separamos algumas das melhores ações para que você tenha certeza de que o ambiente oferecido é o mais confiável possível. Assim, você poderá convencer um lead na busca pela conversão. Confira!

1. Invista em um certificado SSL

Como mostramos acima, o certificado SSL é o primeiro passo para garantir que o ambiente do seu site seja seguro. Essa vai ser a primeira forma de comprovar ao usuário que ele pode confiar em quem está do outro lado, etapa fundamental, por exemplo, para quem trabalha com e-commerces.

Portanto, entre em contato com a empresa responsável pela hospedagem da sua página e saiba o que é preciso fazer para garantir a sua certificação. Na maioria dos casos, é necessário realizar uma compra do SSL, porém, alguns planos acabam oferecendo essa opção de graça para contratos mais longos, por exemplo.

2. Sempre atualize os seus softwares

A transformação digital modificou completamente a forma como as empresas funcionam, certo? Hoje, é muito comum contar com diversos softwares para ajudar o seu trabalho na área do Marketing, como programas para automação e/ou gestão. Porém, é importante que eles estejam sempre atualizados.

Normalmente, as atualizações dessas ferramentas são feitas para corrigir erros ou falhas que poderiam facilitar a ação de hackers, por exemplo. Sendo assim, nunca deixe que os programas utilizados fiquem defasados: quando uma atualização for solicitada, não pense duas vezes e a faça o mais rápido possível. Isso contribui, e muito, para a segurança do seu site.

3. Conte com mais ferramentas de segurança

Sim, o certificado SSL e os próprios programas utilizados têm mecanismos para inibir a atuação de hackers ou malwares, porém, o que custa garantir ainda mais a proteção? Por isso, faça uma pesquisa no mercado e encontre algum programa que se encaixe ao seu orçamento e expectativas.

Dessa forma, você adiciona mais uma camada de proteção para evitar surpresas desagradáveis. Esses programas vão trabalhar na prevenção, sempre procurando por possíveis tentativas de acesso e arquivos que possam comprometer a segurança das suas páginas.

4. Tenha um sistema de backups

Como a tradução já indica, os backups são verdadeiras cópias de segurança de arquivos e informações importantes de um site, programa ou computador. Dessa forma, é essencial que você invista nesse trabalho regularmente, sempre garantindo uma réplica de todos os dados sensíveis das suas páginas.

Assim, em caso de emergência, você tem tudo disponível em um local seguro e evita a perda de informações por uma falha de segurança, por exemplo. Alguns sites de hospedagem oferecem esse serviço gratuitamente em seus pacotes.

Qual a importância de contar com a ajuda de profissionais especializados?

Apesar de muito importante, nem todo mundo sabe como tornar um site seguro ou, ao menos, como fazê-lo na prática. Dessa forma, é interessante contar com a ajuda especializada de quem entende do assunto e sabe quais são as melhores práticas para a implementação de um site que realmente ofereça confiabilidade.

Portanto, essa é uma tarefa obrigatória para quem quer se destacar no cenário digital e fortalecer a autoridade e relevância da marca. Além disso, a segurança de uma página é um fator preponderante para conseguir fechar uma venda, influenciando diretamente na experiência proporcionada ao usuário.

Agora que você já sabe como tornar um site seguro, que tal adotar as melhores práticas nesse sentido para que o seu domínio consiga os resultados esperados? Entre em contato conosco para conhecer os nossos serviços e entender como podemos ajudá-lo a otimizar o desempenho das suas páginas, do layout aos certificados de segurança!

, ,