10 de julho de 2016 Marcelo Rama

Trabalhe o remarketing e venda muito mais!

 

Como já falamos em matérias anteriores, o remarketing é um tipo de campanha muito interessante e importante dentro do seu plano de marketing digital. Mas hoje queremos te mostrar que também é possível fazer remarketing no Facebook , conhecido como Dynamic Product Ads (DPA).  Ele mostra no Facebook exatamente o produto visto pelo cliente no site, o que aumenta as chances de conversão e torna os anúncios mais automáticos, práticos e eficazes. Isso é possível por meio da criação de um catálogo de produtos.

Os anúncios dinâmicos nos ajudam a conectar nosso amplo catálogo de produtos com cada comprador exclusivo através de anúncios de produtos relevantes e oportunos para compradores que navegam em seu site ou aplicativo móvel.

escalaEscala: promova todos os seus produtos com um criativo único sem ter que configurar cada anúncio individual. Basta configurar uma única vez e ele promoverá para todos que acessarem o seu site, por exemplo se você tem 100 produtos no site, não precisa criar 100 anúncios, um para cada um.

 

ativSempre ativos: configure suas campanhas uma vez e alcance pessoas continuamente com o produto correto no momento certo. Você pode estipular um tempo padrão de 10 dias por exemplo, passou 10 dias, ele sai da lista para que os novos passem a receber automaticamente os produtos.

 

Entre diferentes dispositivos: alcance as pessoas com anúncios em qualquer dispositivo que usem, independente do ponto de contato original para o seu negócio. Esta forma de configuração é ótima, pois atingirá as pessoas onde quer que elas estejam, seja no celular, computador, tablet, etc.

 

Altamente relevante: mostre para as pessoas anúncios de produtos nos quais elas estejam interessadas, para aumentar a probabilidade de compra. Esta forma de configuração indica produtos que a pessoa provavelmente comprará junto ao produto já escolhido.

 

Para começar a utilizar o DPA você passará por 3 etapas:

  • Criação de Catálogos de Produtos através de um feed XML;
  • Instalação dos pixels de Content View, Add to Cart e Purchase;
  • Criação dos templates de anúncios.

 

Abaixo vamos explicar em detalhes como funciona o processo de implementação do DPA do Facebook. Confira!

 

O primeiro passo é criar seu Catálogo de Produtos. Seu catálogo em XML deve conter uma lista de todos os produtos que deseja anunciar. Esse arquivo é chamado de feed de produtos. Cada linha do catálogo de produtos contém uma descrição de cada produto, incluindo número de identificação, nome, categoria, disponibilidade, URL do produto, URL da imagem e outros atributos. Você pode montar seu catálogo de duas maneiras: criando um Feed XML (num formato parecido com o do Google Shopping) ou subindo um arquivo CSV com todo o seu catálogo de produtos.

Para usar um catálogo de produtos, certifique-se de que o seu feed inclui os campos solicitados listados abaixo:

  • ID: Um identificador único para cada produto.  Máximo de 100 caracteres.
  • Availability: Define se você tem ou não o produto em estoque. Você vai definir isso por meio de quatro parâmetros pré-definidos:
    In Stock: Disponível para entrega.
    Out of Stock: Fora do estoque.
    Preorder: Estará disponível no futuro.
    Available for order: Envio em até 2 semanas.
  • Condition: Define se o seu produto é new (novo), refurbished (remodelado) ou used (usado).
  • Description: Uma breve descrição do seu produto. Tamanho máximo de 5000 caracteres.
  • Image_link: link da imagem do seu produto. Essa será a imagem que irá para o anúncio do produto, portanto o ideal é ter o tamanho utilizado pelo Facebook para os anúncios de clique para o site/conversão, que é 1200×630 px, na escala 1.91:1.
  • Link: Link do produto.
  • Title: Título do produto, de até 100 caracteres.
  • Price: Preço do produto, que deverá seguir o padrão 9.99 BRL (se você vende em dólar troque o BRL por USD).
  • Gtin: Código do produto, que pode ser UPC, EAN, JAN ou ISBN.
  • Mpn: Um número que identifica o produto para o fabricante.
  • Brand: Marca do produto.

É importante perceber que todos os nomes de colunas (cabeçalhos do arquivo) precisam estar em inglês. Assim que seu catálogo estiver finalizado, basta subi-lo utilizando o Gerenciador de Negócios.

2p

 

Os pixels são importantes porque eles vão rastrear os eventos ocorridos nas suas páginas. Você pode utilizar Pixels de Custom Audience e também Mobile App Events de iOS e Android, com alguns requisitos adicionais.  E vale lembrar, você precisa instalar TODOS os 3 pixels em seu site. Confira abaixo quais são:

  • View Content Pixel – Esse pixel ficará na página de cada produto específico do seu site.
  • Add to Cart Pixel – A próxima etapa é o pixel de carrinho.
  • Purchase Pixel – Esse pixel é que vai comunicar ao Facebook que o usuário realizou ou não a compra.

 

3p

 

Com o catálogo finalizado e pixels instalados, é hora de desenvolver os criativos dos anúncios com os templates customizáveis.

O anúncio do DPA é feito no Power Editor.

  • Crie uma nova campanha com o objetivo Vendas do catálogo de produtos.
  • Crie um novo conjunto de anúncios e de produtos. Você pode anunciar todos os produtos do catálogo ou selecionar um conjunto de produtos por meio de categorias, por exemplo.
  • Selecione o público. Por exemplo, você pode definir uma janela de direcionamento para as pessoas que viram pelo menos um produto ou adicionaram um produto ao carrinho nos últimos 7 dias, mas não realizaram uma compra ainda.
  • Você pode fazer anúncio usando uma única imagem ou um carrossel.
  • Certifique-se de rastrear conversões para os seus anúncios. Para uma completa visualização da efetividade dos seus anúncios, rastreie as compras no site e as compras no aplicativo.

 

opor


A pergunta na ponta da língua de qualquer organização é como trazer mais vendas numa altura em que os consumidores estão dispostos a procurar preços menores. A questão é como fazê-lo sem grandes estratégias e com o mínimo de recursos econômicos possíveis. Fazer cross e/ou up selling é uma das técnicas de vendas mais sensacionais que existem, pois atende estratégias globais de uma multinacional como corresponde às necessidades de um negócio local. Mas, você sabe o que são Cross-sell e Up-sell? Confira abaixo:

1“Cross-sell”: O cross selling pode acontecer quando um cliente adiciona um produto ao carrinho e logo em seguida aparecem sugestões na página com produtos complementares. Por exemplo, o vendedor percebe todas as necessidades do Cliente e vende para ele tudo o que complementa o produto que ele veio comprar. Se era uma calça, o Cliente compra também o cinto, a meia, os sapatos, a cueca, a gravata, as abotoaduras, a carteira.
Isso é muito importante pois caso o usuário tenha tido uma boa experiência de compra, ele tende a comprar novos produtos do mesmo estabelecimento. Imaginou as possibilidades de resultado de uma campanha como essa? Você vai exibir anúncios relevantes para seus clientes ou prospectos com ESCALA!


2“Up-sell”:
No caso do Up-Selling você expõe ao seu cliente produtos mais caros, encorajando ele a gastar um pouco mais, mas fornecendo-lhe em retorno um melhor serviço/produto. Um exemplo muito comum acontece quando um cliente, nessa mesma loja virtual, está prestes a comprar um uma geladeira de 405 Litros por um valor e é oferecido um modelo de 437 litros por um preço mais compensatório aos olhos do consumidor. Essa ferramenta é usada para encorajar o consumidor a mudar sua escolha e obtenha maior lucratividade (maiores margens de lucro, valores mais altos, maiores taxas de conversões, etc).

Quando você for ligar uma campanha do cross-sell ou up-sell com os anúncios dinâmicos, o Facebook vai sugerir automaticamente uma seleção de produtos de acordo com o comportamento de navegação dos usuários do seu site através de várias técnicas. Podemos exemplificar da seguinte forma, se os usuários do seu site costumam comprar chuteiras e meiões de futebol na mesma compra, o Facebook automaticamente aprenderá a fazer cross-sell de chuteiras quando a pessoa quiser comprar somente um meião.

 

“Abandono de Carrinho”: Podemos identificar os produtos que o usuário levou até o carrinho de compras, mas tenha desistido de comprar. Assim que isso acontecer, oferecemos banners personalizados exatamente com esse(s) produtos(s), e sugerimos que você ofereça descontos especiais para usuários que estejam nesse estágio. Esse desconto valerá somente para usuários que tenham levado esse produto até o carrinho e compra e acreditamos que valha muito a pena, pois pode-se considerar um prejuízo caso o usuário tenha levado um produto até o carrinho de compras e não tenha efetivado a compra.