6 dicas para uma fotografia de comida perfeita!

16 de março de 2020
PUBLICADO EM blog
16 de março de 2020 Marcelo Rama

uantas vezes você foi a um restaurante, fez um pedido e percebeu que o que chegou à mesa não se assemelhava em nada à fotografia do cardápio? Essa é, sem dúvidas, uma experiência frustrante, e donos de restaurantes e outros estabelecimentos alimentícios não pode cometer esse erro.

Para que consiga tirar fotos que valorizam o seu produto e aumentem a credibilidade do seu estabelecimento diante o mercado, selecionamos algumas dicas de como fazer fotografia de comida do seu restaurante, com muita qualidade.

Quer saber mais sobre o tema? Continue a leitura.

Por que utilizar fotos dos pratos verdadeiramente servidos no restaurante?

Infelizmente não é raro encontrar empresas que utilizam fotos de terceiros para vender seus produtos. No ramo de alimentação, por exemplo, essa não é uma boa prática.

É preciso que você seja capaz de mostrar aos consumidores quais são, realmente, os pratos e produtos que estão sendo comercializados para aumentando a credibilidade da empresa e melhorando a relação dos consumidores com seus produtos.

Os clientes sempre têm alguma expectativa quando vão a um restaurante, e é necessário que você seja capaz de entregar aquilo que eles esperam. Se os consumidores visualizam uma imagem e são decepcionados ao receber o prato, o resultado é óbvio: a frustração levará à má impressão sobre o estabelecimento. Isso certamente influenciará negativamente a credibilidade da empresa e, consequentemente, sua rentabilidade.

Como melhorar a fotografia de comida do seu restaurante?

As fotos de comida do seu restaurante precisam ser feitas com muito cuidado e atenção. Dessa forma, elas poderão ser utilizadas em sites, redes sociais e até no cardápio.

É importante, no entanto, que você tenha muito zelo durante sua captura. Ou seja, os detalhes como iluminação, cor, montagem do prato, limpeza do ambiente e edição das imagens serão as melhores estratégias para conseguir produzir fotos que realmente conquistem o consumidor da forma como você deseja.

1. Construção do ambiente da foto

O ambiente entorno do prato é fundamental para garantir uma imagem bonita, que prestigie a fotografia da comida, e realmente estimule o consumidor a prová-la. É importante escolher as cores de todos os elementos que compõem a imagem, uma iluminação que favoreça sua visualização, destacando os detalhes mais preciosos da refeição em si.

Cores mais neutras ajudarão a valorizar o real foco da imagem. Ou seja, permite que o profissional consiga trabalhar corretamente sua captura, evidenciando as peculiaridades dos pratos que estão sendo comercializados.

No casos de fotos que precisam apresentar também o ambiente, é necessário estar atento para o posicionamento de cada um dos itens, ao ângulo de captura e a iluminação. Falaremos um pouco mais detalhadamente sobre estes quesitos adiante.

2. Melhores ângulos

O ângulo é uma peça chave para uma boa foto. É preciso escolher os que valorizem o prato que está sendo fotografado e que permitam que sombras e outros detalhes não interfiram na qualidade da imagem.

Para encontrar os melhores ângulos, faça alguns testes, fotografando os pratos de várias direções para encontrar a melhor posição da câmera.

3. Uso de luz natural x artificial na fotografia

Para conseguir capturar a cor e as formas adequadas dos produtos, é importante avaliar a relação da luz natural e da luz artificial no ambiente.

A necessidade de usar luz artificial dependerá da luminosidade do ambiente em que a foto será tirada — da incidência da luz natural no momento da captura e de como as sombras e outros detalhes se sobrepõem a imagem.

Para isso, faça testes. Conforme dissemos anteriormente, testes sempre permitirão que você consiga avaliar a iluminação ideal, os ângulos mais adequados, as cores e a composição dos objetos. A partir daí, será possível tirar fotos realmente capazes de apresentar os resultados esperados.

4. Foco

O foco, por sua vez, é a chave do sucesso ou da ruína de uma foto. É preciso que o fotógrafo seja capaz de captar os pratos com nitidez, apresentando todos os detalhes relevantes com muita clareza e definição. Lembrando que usar fundos mais neutros permite que se destaque a refeição em si, sem misturá-la com os outros elementos presentes na imagem.

5. Montagem do prato

A montagem do prato para a execução da foto também precisa ser muito bem cuidada. Em fotos de restaurantes e cozinhas profissionais, por exemplo, os pratos são montados de forma estratégica para valorizar o alimento ali disponível.

Em fotos de sanduíches, por exemplo, os pães são fixados com palitos de dente para manter uma distância apropriada dos recheios. A técnica permite a captura perfeita de todas as suas camadas.

Já no caso de um spaghetti, é importante montar o prato com calma. É preciso garantir que detalhes como a espessura e aparência do macarrão, o molho e demais ingredientes realmente estejam em evidência, tornando a imagem apetitosa — capaz de despertar o desejo dos possíveis clientes. Estas são táticas importantes, que devem ser consideradas quando o assunto é fotografia de comida.

Além disso, é preciso caprichar na limpeza dos pratos e do ambiente. Para fotografar um prato de espaguete ao suco, por exemplo, cuide para que o molho só esteja na massa, nunca na borda ou em outras partes do recipiente, muito menos respingado na tolha da mesa ou nos talheres usados para compor a imagem.

6. Edição de foto

A edição da foto também é um recurso sempre usado para otimizar a qualidade da imagem e aumentar o apelo visual em cardápios, redes sociais e até em sites.

Para atingir o resultado ideal, é importante contar com o trabalho de um profissional. O olhar especializado de um fotógrafo certamente fará toda a diferença. Ele assegurará o devido destaque a cada um dos elementos, melhorará as cores e transformará a imagem em uma representação perfeita do prato que está sendo comercializado.

Usar imagens de qualidade é uma estratégia fundamental para aumentar a credibilidade do seu restaurante e garantir que o consumidor sinta-se muito atraído pelo que você tem a oferecer. Assim, trabalhando a fotografia de comida com um especialista, seguindo as dicas esse artigo e tendo cuidado com os detalhes dos pratos, você certamente conseguirá aumentar as vendas!

Gostou desse conteúdo e quer aprender mais sobre como aumentar a rentabilidade do seu restaurante? Curta nossa página no Facebook e acompanhe os novos conteúdos!

, , , ,