Marketing de Conteúdo: aprenda como adotar a estratégia

10 de julho de 2017
PUBLICADO EM blog
10 de julho de 2017 Marcelo Rama

O marketing de conteúdo já não é novidade entre a maioria das empresas. Mas, apesar do conhecimento superficial sobre o tema, ainda existem muitas dúvidas sobre como colocar um planejamento de conteúdo em prática.

É importante saber como adotar essa estratégia corretamente. Caso contrário, os resultados tão esperados podem nunca vir, fazendo com que o marketing se torne uma despesa em vez de um investimento.

Nos dias atuais, com a transformação digital, não ter uma boa estratégia de marketing online pode ser o calcanhar de Aquiles para algumas empresas.

Felizmente, não é tão difícil implantar o marketing de conteúdo, desde que isso seja feito com a preparação e a dedicação apropriadas.

Quer saber como fazer bonito na hora de produzir conteúdo e se aproximar dos clientes? Veja o que você precisa para isso:

Como montar um planejamento de marketing de conteúdo

Montar um plano de marketing de conteúdo exige mais do que escrever artigos interessantes e publicá-los em um blog.

São vários passos que precisam ser seguidos para que os resultados venham como esperado. Quais são eles?

Veja 4 ações que você deve tomar ao iniciar a implantação do marketing de conteúdo na sua empresa:

Estabelecer seus objetivos

Você sabia que o marketing de conteúdo pode ser usado para atingir diversos objetivos diferentes? De acordo com cada um deles, a sua abordagem terá que mudar.

Por isso, é essencial definir logo de início os objetivos que vai buscar e, a partir disso, direcionar a estratégia a fim de conquistá-los.

Alguns dos alvos que podem ser atingidos por meio do marketing de conteúdo são:

  • gerar autoridade para a marca;
  • aumentar o engajamento com o público;
  • aumentar as vendas;
  • gerar leads;
  • diminuir o custo de aquisição por cliente;
  • fidelizar a clientela atual;
  • educar o mercado.

Escolher indicadores de desempenho adequados

Depois de escolher os objetivos que deseja alcançar, você deve selecionar o que chamamos de KPIs (que, em português, significa indicadores-chave de desempenho).

Os KPIs são métricas extremamente relevantes para que você possa acompanhar o desempenho da estratégia e saber se os esforços realizados estão dando resultado ou não.

Quais KPIs escolher para o seu negócio? Isso vai depender diretamente dos objetivos estabelecidos.

Por exemplo: se a ideia é gerar autoridade, você precisará acompanhar métricas que mostram o volume de tráfego e de menções nas redes sociais.

Por outro lado, se o objetivo é gerar vendas ou leads, terá que e avaliar as taxas de conversões em CTAs e em landing pages.

Criar uma persona

Não basta produzir conteúdo de qualidade, é preciso apresentá-lo para as pessoas certas, ou seja, quem realmente vai se beneficiar do que você tem a dizer.

Como isso é possível? Por criar uma persona, ou seja, um personagem semi-fictício que representa o cliente ideal para a sua empresa.

A criação da persona deve ser feita com base em entrevistas com clientes atuais, pesquisas de mercado e até questionários on-line, mas nunca como fruto de palpites e suposições.

Preparar os canais digitais

O próximo passo é preparar os canais digitais que a sua empresa vai usar na produção e divulgação do conteúdo.

Há vários canais em que vale a pena estar presente, tanto pelo alcance que eles oferecem quanto pelas ferramentas que facilitam o engajamento e a medição de resultados da sua estratégia.

Veja os principais e o que deve ser observado em cada um deles:

  • blog: o principal canal da sua estratégia, é simples de montar e conta com muitas plataformas e opções de customização;
  • redes sociais: perfeitas para divulgar o conteúdo produzido e aumentar o engajamento com o público;
  • landing pages: canal perfeito para gerar leads a partir de conteúdos mais específicos, como e-books;
  • sites de vídeos: criar um canal no YouTube, por exemplo, pode ser uma boa opção para a sua estratégia de conteúdo;
  • sites de conteúdo multimídia: criar apresentações em sites como Slideshare e Storify é mais uma forma de enriquecer o seu conteúdo.

Fazer um bom planejamento de conteúdo

Um dos itens do seu plano de marketing de conteúdov envolve o material em si. Diversos detalhes precisam ser acertados antes de começar a produzir o 1º post.

Dessa forma, cada peça de conteúdo produzida terá efeito e será realmente relevante para a persona. Alguns elementos importantes no planejamento de conteúdo são:

  • pesquisa de palavras-chave;
  • criação de calendário editorial;
  • documentação da estratégia;
  • escolha de ferramentas.

6 formatos de conteúdo que você deve usar

O que pode ser considerado um material apropriado para o marketing de conteúdo? A verdade é que não há um formato único de conteúdo.

Muito pelo contrário: há mais de 58 tipos de posts só para o seu blog, e há diversos outros canais que podem ser explorados para fazer marketing de conteúdo.

O que importa mais é o storytelling, a capacidade de contar histórias e ser relevante para a persona, não importa o meio usado para isso.

Mas, para facilitar a sua vida nesse início de planejamento, veja alguns dos formatos mais conhecidos (e eficientes) que vale a pena usar desde já:

⒈ Artigos de vários tamanhos

Posts de blog devem ter sido a sua 1ª ideia sobre marketing de conteúdo. Então, obviamente estariam nesta lista.

Mas por que destacar que eles podem ser de tamanhos variados? Porque não existe uma fórmula do tamanho certo. Essa decisão vai depender de vários fatores, e você nem sempre precisará escrever artigos do mesmo tamanho.

O Renato Mesquita escreveu até um post sobre isso no blog, falando sobre como a Rock Content fazia e o que mudou com o tempo em relação ao tamanho dos posts.

⒉ E-books

E-books são livros digitais que contêm conteúdo mais aprofundado sobre um tema específico, geralmente na forma de guias e de instruções passo a passo.

O e-book é o tipo de conteúdo ideal para gerar leads. Basta criar uma landing page oferecendo o material em troca de alguns dados pessoais do leitor.

Se a proposta parecer valiosa aos olhos dele, essa troca não será um problema, e você terá informações valiosas para iniciar um relacionamento mais próximo.

⒊ Vídeos

Como você pensa seriamente em adotar o marketing de conteúdo, é bom que dê atenção especial ao uso de vídeos, pois de certa forma eles podem ser considerados o futuro do marketing digital.

Há muitas formas de utilizar os vídeos na sua estratégia de conteúdo:

⒋ Infográficos

Uma boa variação de post para usar no seu blog envolve o uso de infográficos, que são formas de conteúdo leves, atraentes e informativas.

Normalmente um infográfico mostra estatísticas, comparativos ou guias passo a passo de forma rápida e breve.

Por isso, vale a pena aprender como fazer um infográfico e incluí-los na sua estratégia de marketing de conteúdo.

⒌ Ferramentas

Além de oferecer conteúdo de qualidade, é possível também criar ferramentas que gerem valor imediato para o seu público.

O tipo de ferramenta só vai depender do seu segmento e criatividade, o importante é criar algo que seja relevante para a sua audiência.

Para te inspirar, veja algumas ferramentas disponíveis aqui no blog:

Como impulsionar a sua estratégia de marketing de conteúdo

Produzir o conteúdo é só uma das etapas do marketing de conteúdo bem-feito. Depois disso, é fundamental impulsionar ao máximo o possível o alcance da mensagem.

Felizmente, há várias formas de conseguir essa exposição para o seu conteúdo. Veja algumas das melhores:

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma das melhores formas de fidelizar os leads que você gera no seu blog.

Com uma boa ferramenta de e-mail marketing, você poderá segmentar o seu público, ou seja, enviar o melhor conteúdo para cada pessoa de acordo com o seu estágio na jornada de compra.

O e-mail marketing apresenta um alto índice de conversão e tem um ótimo ROI.

Gestão de redes sociais

As redes sociais são perfeitas para promover todo o conteúdo que é produzido na sua estratégia de marketing, mas servem principalmente para se aproximar do público.

A gestão de comunidades precisa ser trabalhada da melhor forma possível para extrair o máximo dessa relação.

Por isso, invista seriamente nas redes sociais, interaja com os fãs e crie valor para eles a fim de que se tornem clientes fiéis no futuro.

Outras opções

Além das opções que citamos antes, você pode apostar em outras opções para impulsionar o seu conteúdo.

Por exemplo: peça que os seus colaboradores compartilhem o conteúdo com outros em seus perfis pessoais nas redes sociais.

Participe em eventos, realize ações de co-marketing, marketing de guerrilha, marketing baseado em contas e outras formas para promover o seu conteúdo sempre que possível.

Essas alternativas oferecem ótimos resultados, e vão certamente diferenciar a sua empresa dos concorrentes desde o início da estratégia.

Adotar uma estratégia de marketing de conteúdo certamente envolve uma boa dose de planejamento e exige trabalho regular na produção, na publicação e na divulgação do conteúdo.

Mas não se prenda demais aos desafios que vai enfrentar e lembre-se: o mais importante é dar o pontapé inicial.

Quer investir em marketing de conteúdo, mas acha que não tem um grande orçamento? Veja como fazer isso usando pouco dinheiro e conseguir ótimos resultados!

Esse conteúdo foi produzido pela Rock Content!

, , , ,