6 novidades do Google que você precisa conhecer

12 de março de 2018
PUBLICADO EM blog
12 de março de 2018 Marcelo Rama

O Google vem sempre inovando e buscando novos recursos para agregar resultados às empresas e transformar as experiências dos usuários. Hoje, já não é mais possível ter um negócio de sucesso sem conhecer as ferramentas disponíveis. É preciso estar sempre de olho nas tendências e novidades do Google para não ficar atrás da concorrência.

Por isso, criamos este artigo em que mostraremos as 6 principais soluções que foram ou ainda serão implantadas. Boa leitura!

1. Featured Snippet: veja como conquistar a posição 0 no Google

Você provavelmente já sabe que é muito importante otimizar as suas páginas com o trabalho de SEO — Search Engine Optimization — para que consiga colocar os seus domínios entre as primeiras posições da busca orgânica, a não paga, não é mesmo?

Esse realmente é um ótimo trabalho, que gera resultados fantásticos, levando um enorme volume de visitantes para dentro do seu site e colocando a empresa como uma referência no mercado.

Mas e se dissermos que existe uma possibilidade de você ir além e conquistar a posição 0, antes dos resultados orgânicos? Pois saiba que esse efeito pode ser conquistado com o Featured Snippet. Veja mais detalhes:

O que é o Featured Snippet?

Vamos fazer um simples teste para que, antes de falarmos sobre o que representa um Featured Snippet, você veja um na prática.

Abra uma janela do Google e digite a seguinte frase: “como ganhar mais dinheiro?”. Antes da busca orgânica, aparecerá um quadro com um resumo que responde à pergunta pesquisada. Isso é um Featured Snippet!

O Featured Snippet é uma novidade do Google que mostra de forma mais direta e objetiva aquilo que o usuário está buscando. Sempre que o termo buscado for um questionamento, o buscador procurará uma página que responda de forma eficiente a pergunta, colocando-a em destaque e atraindo um enorme fluxo de visitantes ao destino.

Só para se ter uma ideia, segundo um artigo da Search Engine Land, que verificou a variação do tráfego de uma página que conseguiu alcançar um Featured Snippet, o aumento de sessões foi de 516%! Um ótimo resultado, não é mesmo?

Qual é o objetivo dele?

Para entender o objetivo desse recurso, devemos pensar no intuito do próprio Google com as buscas. A ideia é sempre entregar páginas relevantes aos usuários, seja por meio de anúncios, seja na busca orgânica. Tanto que, nos anúncios, não basta apenas ter lances altos — a página de resposta precisa ser realmente relevante para aparecer em destaque.

O mesmo ocorre com o posicionamento orgânico, que só é conquistado quando o destino consegue entregar ao público o que ele procura, de forma organizada e estruturada, com uma boa usabilidade.

Então, o Featured Snippet é uma novidade para agilizar a busca pelos resultados, com uma resposta objetiva e simples, oferecendo uma ótima experiência.

Como conquistar essa posição privilegiada?

Se esse recurso é bom para o público, ele é ótimo para a empresa que consegue colocar a sua página nesse destaque. Porém, não é uma tarefa simples. Não há (pelo menos ainda) uma fórmula direta para conquistar essa posição.

Mas tenha calma! Vamos dar dicas importantes que te levarão até o resultado. O primeiro passo é que os seus conteúdos devem responder a perguntas. Então, crie materiais explicativos, que realmente tirem as dúvidas do seu público.

No entanto, lembre-se de responder às perguntas certas! Avalie quais são as dúvidas reais do seu público-alvo e, assim, crie os conteúdos direcionados. Vale lembrar que, para aparecer no Featured Snippet, seus conteúdos precisam estar otimizados, então todas as técnicas de SEO devem ser aplicadas.

O Featured Snippet tira tráfego do site?

Um questionamento que foi levantado pelas empresas desde o lançamento desse recurso é se ele não tiraria tráfego dos sites, uma vez que a pergunta do usuário seria respondida antes mesmo de ele entrar na página.

A resposta disso é: depende. Isso porque pode sim tirar o tráfego, mas, para evitar o problema, basta ser estratégico e criar um conteúdo que faça o usuário buscar mais informações, sem entregar todas as respostas nesse resumo, mantendo uma boa taxa de cliques.

2. Google Meu Negócio: saiba como colocar a sua empresa no mapa

O Google Meu Negócio é um excelente recurso que permite destacar a sua empresa nas buscas. Pensando em gerar uma melhor experiência aos usuários e carregá-los com informações úteis, essa ferramenta serve para todos os tipos de negócios, desde multinacionais até microempreendedores.

O que é o Google Meu Negócio?

Google Meu Negócio já possui um certo tempo de utilização, não sendo uma das mais recentes novidades do Google. Porém, essa ferramenta acrescenta muito às empresas e, se você ainda não a utiliza, não pode perder mais tempo. O recurso permite que os empreendedores adicionem informações sobre suas empresas dentro do buscador.

Dados como a localização, telefones de contato, e-mail, site, horário de funcionamento, período de maior visitação, fotos internas do estabelecimento e ainda as opiniões do público. Essas informações ajudam muito os possíveis clientes que estão buscando uma opção no mercado.

Todo esse conjunto de conhecimento fica disponibilizado nos resultados da busca orgânica, no Google Maps e no Google +.

Quais são as vantagens desse recurso?

É muito comum que os usuários busquem uma opção no mercado sem ter uma empresa como alvo. Por exemplo, se você deseja ir à uma pizzaria, mas não sabe qual, a tendência é que você digite no Google o termo “pizzaria” para encontrar uma opção. Então, se o seu estabelecimento estiver cadastrado no Google Meu Negócio, ele será apresentado como resposta.

Dessa forma o público consegue visualizar as empresas, buscar informações e escolher dentre as opções a que mais lhe chamou a atenção.

O usuário também pode fazer uma busca direcionada, com o nome da empresa. Assim, serão mostrados os dados cadastrados, de forma direta, facilitando um contato por telefone, e-mail ou da forma que o lead preferir. Ou seja, o Google Meu Negócio aproxima o público da empresa, coloca sua marca em evidência, aumenta o alcance e ainda gera credibilidade.

Como utilizar melhor essa ferramenta?

Para utilizar esse recurso de forma realmente eficiente, é preciso estar sempre atento às informações passadas, mantendo uma atualização constante. Infelizmente, é muito comum ver estabelecimentos com números de telefone desatualizados, perdendo grandes oportunidades.

Além disso, dentro da plataforma do Google Meu Negócio, é possível acompanhar como o seu público está avaliando a empresa. Confira as classificações, comentários e sempre responda aos questionamentos.

Se esforce para conseguir avaliações positivas, pois elas podem servir para levar um grande número de novos consumidores para dentro do seu estabelecimento.

3. Google Snippet: aprenda a trazer mais usuários ao seu site

Você pode até não saber o que é um snippet, mas certamente já viu um. O snippet é um breve resumo daquilo que uma página contém. Quando você insere uma palavra-chave no campo de busca do Google, diferentes opções de resposta são mostradas, como o título da página, o endereço eletrônico e uma breve descrição. Isso representa os snippets.

O objetivo deles é mostrar ao usuário o que ele pode esperar ao acessar a página e, dessa forma, adicionar dados à sua escolha.

Como usar o snippet para atrair mais visitantes ao site?

É fato que as primeiras posições na página de resposta de uma busca recebem mais visitas que as demais, mas, mesmo assim, é muito importante colocar as informações certas nos locais corretos. Então, veja as principais dicas para construir bons títulos:

  • verifique se todas as páginas do seu site têm um título. Ele deve ser descritivo e de simples entendimento. Evite formações com “início” para a sua página de entrada, ou títulos muito longos;
  • não force a colocação da palavra-chave se isso não for natural. É benéfico que ela esteja no título da sua página para uma melhor leitura dos mecanismos de busca, mas forçar pode descaracterizar a frase e causar resultados ruins diante do seu público;
  • não repita os títulos de outras páginas do seu site e também evite as construções consideradas como “clichê”, como “produtos bons e baratos”;
  • colocar o seu slogan ou uma frase de impacto no título é uma boa prática, desde que isso não se repita para todas as suas páginas.

Agora, veja as melhores práticas para as meta descrições:

  • assim como nos títulos, verifique se todas as páginas de seu site possuem meta descrições e certifique-se de criar textos diferentes para cada conteúdo;
  • inclua elementos bem identificados na descrição, como o preço de um produto, o autor de um conteúdo ou a data da publicação. Se quiser ir além, você pode colocar essas informações em forma de dados estruturados;
  • crie boas descrições, que realmente ajudem o usuário a identificar pontos que o levarão a acessar a página.

4. Google Rich Results: entenda como ele afeta o seu SEO

O Google sempre busca melhorar a experiência dos usuários, entregando mais conhecimento relevante e no momento certo. Com esse pensamento, o Google Rich Results é uma das grandes novidades lançada em 2017.

Se você utilizar o campo de pesquisa com um time de futebol, por exemplo, como o Real Madrid, as respostas são bastante interessantes. Elas não estão congeladas em links curtos e heterogêneos. Nessa busca, aparece uma tabela com os jogos atuais do time, um carrossel com as principais notícias, as informações do clube, fotos e vídeos, além, é claro, dos links relacionados.

Os resultados dessa busca contêm tantas informações relevantes e dispostas de uma maneira agradável ao usuário que superam a sua expectativa.

Como o Google estrutura os dados?

Para conseguir essa qualidade de resultados, o Google trabalha com dados estruturados. Foi feita uma parceria entre o Google, Yahoo, Microsoft e Yandex — que é a companhia que detém a maior rede de pesquisa da Rússia — para criar um grande conjunto de dados estruturados na internet.

Então, se criar o seu site com conteúdos distribuídos de qualquer forma, os motores de busca não conseguirão fazer a leitura. Já se os dados estiverem estruturados, esse reconhecimento será possível e as experiências dos usuários serão muito mais agradáveis.

Como o Rich Results interfere no trabalho de SEO?

Como já falamos nesse artigo, o trabalho de SEO visa a facilitar o encontro dos conteúdos pelos mecanismos de busca e colocá-los em destaque na pesquisa orgânica. Porém, com o Rich Results, o Google pede um esforço um pouco maior das empresas. Por enquanto, cinco tipos de negócios já são oferecidos com esse recurso. São eles:

  • receitas de culinária: restaurantes, cursos e empresas ligadas à gastronomia precisam se adaptar a essa novidade e trabalhar com dados estruturados. Assim, elementos como os ingredientes, tempo de preparo, fotos e vídeos serão mostrados no novo formato;
  • eventos: os eventos também receberam essa mudança. Com datas registradas, local e horário, o Google consegue criar uma boa apresentação no calendário;
  • produtos: na tela de resultados, as informações sobre os produtos terão um bom destaque. Dados como o preço, disponibilidade e as avaliações do público devem ser planejadas;
  • avaliações: os blogs especializados em críticas, websites e portais que divulgam a opinião dos consumidores também devem ficar atentos a essa novidade do Google, pois seus dados estruturados podem ser considerados;
  • cursos: por fim, um tipo de negócio que vem crescendo bastante nos últimos tempos também foi considerado, que é o de oferecimento de cursos. O título, responsável e as demais características do serviço devem ser estruturados para facilitar a leitura e interpretação pelos mecanismos.

Como adaptar ao Rich Results?

Se o seu tipo de negócio está dentro da lista de cinco itens que relacionamos anteriormente, você já deve adaptar as suas páginas agora! Se o seu empreendimento é diferente, não significa que deve ignorar esse recurso, pois se trata de uma novidade e a qualquer momento podem ser adicionados novos segmentos.

Tendo isso em vista, mostraremos agora as principais dicas para que você saia na frente da concorrência e ganhe destaque no Google:

  • o primeiro passo é cadastrar o site na plataforma do Google Search Console;
  • é importante ler o guia básico apresentado na plataforma para tirar as dúvidas e fazer um correto procedimento;
  • faça uma pesquisa sobre Accelerated Mobile Pages, ou AMP. Esse recurso ajuda bastante a adaptar as suas páginas para uma melhor experiência nos dispositivos móveis a partir da estruturação dos dados;
  • agora é o momento de montar a sua página com os dados estruturados;
  • depois dessa etapa, teste se tudo foi feito corretamente. Uma boa dica é utilizar a Ferramenta de teste de dados estruturados do próprio Google.

5. Micromomentos: oportunidade para ampliar as vendas

Estamos vivendo constantes mudanças, nos recursos oferecidos pelas empresas, no avanço da tecnologia e novas soluções e, claro, tudo isso reflete no comportamento dos consumidores.

Antigamente, antes da atual facilidade de acessar a internet e buscar dados de qualquer fonte no mundo, encontrar informações poderia demorar bastante. Hoje, basta tirar o celular do bolso, abrir uma janela do navegador e digitar o que se deseja saber. É rápido, simples e direto.

O que são os micromomentos?

O Google listou quatro micromomentos:

  • saber: é o momento que desperta a curiosidade. Se antes o processo de aquisição de um conhecimento poderia demorar bastante, agora nós acessamos um dispositivo móvel na hora da curiosidade. Segundo dados do Google, 65% dos usuários de smartphone o utilizam para saberem mais sobre algo que viram na televisão;
  • fazer: provavelmente você já fez uma busca no Google para saber como fazer algo, tal como a preparação de um prato, o conserto de um objeto ou a instalação de um eletrodoméstico. A utilização do termo “como fazer” nas redes sociais, principalmente no YouTube, vem crescendo bastante;
  • comprar: a decisão de compra está mais rápida do que antigamente. Isso porque conseguimos tirar as dúvidas, avaliar as ofertas e ainda consultar as opiniões de outras pessoas com bastante facilidade e rapidez. Graças a essa pesquisa online, 79% dos brasileiros estão comprando com maior agilidade;
  • ir: o último micromomento tem relação com a localização. Muitas buscas estão sendo feitas para descobrir estabelecimentos, opções em determinadas regiões e como chegar até elas.

Como utilizar isso para ampliar as vendas?

Para utilizar bem esses micromomentos e ampliar as vendas, é preciso pensar nas demandas dos consumidores em cada um desses pontos, oferecendo o conteúdo certo e no momento certo.

Temos que pensar que a internet quebrou as barreiras físicas do mercado e fez com que qualquer pessoa passasse a ter acesso às lojas do mundo inteiro, com a mesma facilidade de compra que em um estabelecimento ao lado da sua casa.

Essas vantagens que representam benefícios tanto para o consumidor quanto para as empresas aumentaram o alcance delas, também representando maior competitividade.

Então, devemos analisar não só a atração de novos clientes, mas sim a retenção deles. Uma única experiência ruim pode fechar aquele relacionamento e fazer com que o usuário passe a demonstrar a sua insatisfação nos diferentes canais de procura por informação.

Pense nos micromomentos e as informações que a sua empresa deve fornecer para gerar boas experiências. Fazendo isso certamente as suas vendas serão transformadas.

6. Smart Bidding do Google Adwords: soluções de machine learning

Você já utiliza o Google Adwords para destacar a sua empresa com os links patrocinados? Se não toma essa estratégia, saiba que pode estar perdendo muito dinheiro!

Os anúncios patrocinados representam uma grande ação para alcançar os primeiros lugares das páginas de busca (como anúncios, não na busca orgânica) e também aparecer nos sites e blogs de conteúdos relevantes, atraindo bastante tráfego para o domínio da organização.

Então, para ter sucesso com essa estratégia, é preciso conhecer e saber aplicar os lances nos leilões do Google. Esse conhecimento garante que você aplique o investimento correto, sem perder posições ou gastar além do que é necessário. Nesse sentido, uma das grandes novidades do Google é o Smart Bidding.

O que é o Smart Bidding do Google Adwords?

Pensando em aprimorar a experiência dos usuários, o Google investiu na otimização dos lances, de forma automática. O Smart Bidding é uma solução inteligente que compila dados do motor de busca para encontrar as melhores definições de investimento e ainda avalia a performance, sempre em busca de melhorar ainda mais os resultados.

Quais são os benefícios do Smart Bidding?

Segundo o próprio Google, existem quatro benefícios principais em utilizar esse recurso. Vejamos quais são eles:

Solução de machine learning avançada

O Google oferece os algoritmos de aprendizado de máquinas para compilar uma enorme quantidade de dados e fornecer os resultados mais reais e confiáveis para a seleção dos lances.

Comparando esse processo com uma equipe ou pessoa real, seria necessário muito investimento para se obter os mesmos resultados em tempo hábil. Essa profunda e rápida análise te ajuda a entender melhor como os lances podem influenciar nas conversões.

Vastas opções de sinais contextuais

Para diferentes usuários, variados perfis de lances podem ser mais interessantes. Por exemplo, se uma pessoa está usando um smartphone para acessar a página da empresa e o local indicado do acesso é próximo ao estabelecimento, a possibilidade de fechar um negócio é maior, pois ela pode visitar o local. Nesse caso, o lance deve ser ajustado para não perder a oportunidade.

Com os lances inteligentes, isso se torna possível. São lidos diferentes sinais contextuais, como o dispositivo usado para o acesso, o local, dia e hora da semana, idioma e até mesmo o comportamento dentro do site. Com isso, se agrega mais inteligência ao lance, otimizando os recursos e focando os potenciais clientes mais qualificados.

Controles de desempenho flexíveis

Com o Smart Bidding, você pode definir metas de desempenho dos lances e acompanhar como os seus recursos estão sendo empregados, otimizando os resultados.

Transparência nos relatórios de desempenho

Por fim, o sistema de lances automáticos é totalmente transparente e gera relatórios completos, com todos os dados necessários. Você consegue fazer experiências com suas campanhas e comparar com o desempenho atual, simular lances, avaliar as respostas e ainda criar alertas e notificações no caso de algum erro ou acontecimento inesperado.

Portanto, como vimos em nosso artigo, várias novidades do Google foram ou estão sendo lançadas, pensando em uma melhor experiência aos usuários. É muito importante ficar sempre atento às novidades e entender como elas podem ajudar a sua empresa a encantar seus clientes e aumentar a sua lucratividade.

Avalie muito bem as 6 novidades do Google que listamos e como elas podem ser úteis ao seu negócio. Lembre-se de que esses recursos ainda são novidades e é muito interessante contar com a ajuda de uma agência especializada para um melhor aproveitamento.

Nesse caso, escolha uma agência com a certificação de Premier Google Partner Stars, que lhe confere um acesso avançado nessas e outras ferramentas, saindo na frente da concorrência.

Agora que você já conhece as principais novidades, baixe o nosso e-book e aprenda as melhores estratégias para anunciar no Google!