Como usar o restaurante take away durante o isolamento social?

15 de abril de 2020
PUBLICADO EM blog
15 de abril de 2020 Marcelo Rama

O coronavírus está transformando a forma de consumir e de fazer negócio – como o modelo de restaurante take away. Para muitas empresas, esse momento está sacudindo os processos internos e transformando completamente seu modo de atuação no mercado.

Conseguir mudar o seu modelo de trabalho, entregar serviços e produtos de qualidade para os consumidores e garantir tudo isso em um momento tão delicado como o que estamos vivendo irá exigir resiliência e que os empresários mantenham-se abertos para descobrir novas possibilidades.

Por isso, decidimos falar sobre como usar o restaurante take away durante o isolamento social. Quer aprender sobre o tema? Continue a leitura!

O que faz um restaurante take away?

O restaurante take away é um modelo de negócio que consiste apenas no modelo de negócio de delivery: o cliente pode ir até o estabelecimento e comprar os produtos para consumir em casa, ou solicitar através de um número de telefone ou aplicativo de entrega.

No momento, com o Covid19 e as novas medidas de segurança sanitária, é fundamental que os estabelecimentos alimentícios se adaptem a essa realidade para continuarem sobrevivendo em um contexto tão delicado e incerto.

Sabemos que as necessidades de consumo e os padrões dos clientes mudaram, e por isso se adaptar é fundamental: antes, era comum termos restaurantes e lanchonetes cheias. A experiência no espaço físico era uma demanda dos consumidores.

Hoje, eles precisam continuar consumindo, mas na segurança e conforto de suas casas, devido ao isolamento social necessário.

Por isso, é papel dos empreendimentos de visão se adaptarem a essa realidade para conseguirem continuar entregando qualidade e satisfação, mantendo a fidelidade dos seus clientes, sem colocar suas vidas em risco.

Como conseguir driblar o isolamento social através do restaurante take away?

Se você quer transformar seu restaurante e conseguir driblar o isolamento social através de estratégias diferenciadas, confira nossas sugestões.

1. Drive thru

O drive thru é uma sugestão para os empresários que querem melhorar a performance e aumentar os resultados dos seus restaurantes e lanchonetes. Nesse modelo, o cliente poderá ir até o estabelecimento, fazer seu pedido e pagamento diretamente de dentro do carro e receber o seu produto sem precisar sair do veículo.

Essa medida é muito comum em estabelecimentos como fast food, mas também pode ser pensado em outros modelos de negócio que dispõem de espaço adequado a este tipo de atendimento.

2. Higienização na entrega das encomendas

A higienização na entrega das encomendas é indispensável para garantir a segurança não só dos profissionais como também dos clientes que estão recebendo os produtos.

Reforce as medidas de segurança tomadas pela sua empresa tanto com os funcionários quanto com os clientes. Assim, garante-se que todos estejam trabalhando da melhor forma possível para evitar qualquer contaminação nos dois lados.

3. Apps de entrega

Os aplicativos de entrega também são uma excelente opção para restaurantes e estabelecimentos alimentícios que querem manter seus negócios em funcionamento durante esse momento.

Hoje existem várias opções de aplicativos de entrega, e você pode escolher por um deles, ou vários.

Cadastre seu negócio e garanta que a qualidade dos pratos esteja e excepcional. Esse é o momento de fazer a diferença e conquistar possíveis novos clientes através dessas plataformas.

4. Delivery

Se você quer realizar entregas mas não quer ter o auxílio de um aplicativo, pode trabalhar com delivery interno. Nesse contexto, você será o responsável por todo o processo de comunicação com os clientes, recebimento dos pedidos, produção e, por fim, envio através de um motoboy.

Esse motoboy será contratado pelo restaurante, e não um terceirizado como aconteceria nos aplicativos de entrega. Se você tem estrutura para trabalhar nesse formato, pode ser uma boa alternativa para manter os clientes satisfeitos e seu negócio em pleno funcionamento.

Uma das vantagens desse modelo de negócio é que, se você possui um delivery interno feito através do WhatsApp, por exemplo, ele se torna mais um canal de comunicação entre você e seus clientes, sendo permitido divulgar promoções, novos produtos, etc.

5. Investir em comunicação

Em momentos de crise, investir em comunicação é crucial. É preciso que você garanta que seus clientes e possíveis consumidores estejam cientes de que o seu negócio ainda está funcionando, mas agora em um diferente formato.

Por isso, continue se comunicando com essas pessoas. Invista em estratégias de redes sociais, esteja nos canais onde elas estão para informá-los que, além de estarem em funcionamento, estão tomando todas as medidas de segurança necessárias para garantir a integridade não só dos seus funcionários como também dos consumidores.

6. Investir em relacionamento com o cliente

A fidelização e o relacionamento com os clientes são quesitos que podem realmente salvar empresas de todos os portes em momentos de crise.

Clientes satisfeitos e fiéis tendem a continuar apoiando os negócios mesmo durante períodos complicados como o que estamos vivendo agora, devido ao coronavírus.

Por isso, lembre-se da importância de se relacionar com esses consumidores. Estar disposto a ouvir feedbacks e entender quais são suas novas demandas e como você pode adequar-se a cada uma delas.

Quais são os cuidados mais importantes nesse momento?

Além de conseguir adaptar o modelo de negócio para atender às novas demandas dos consumidores, é importante também mudar e reforçar as medidas sanitárias dentro da empresa.

Certifique-se de que todos os profissionais dentro do estabelecimento estejam seguros e seguindo as melhores práticas nesse momento — as normas de higienização segundo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O modelo de restaurante take away se tornou a melhor solução para os empreendimentos que atuam no ramo alimentício. No momento, aglomerações e a abertura de determinados estabelecimentos é proibida, e esses empresários precisarão se readaptar.

Esse é momento de se reinventar e ser capaz de entender quais são as novas necessidades e demandas dos clientes e, a partir disso, estruturar novos processos internos e modelos de negócio, sem perder a eficiência e a qualidade de sempre.

Você possui um restaurante ou algum outro empreendimento alimentício? Esse conteúdo foi útil? Conhece algum empresário do setor que precisará se adaptar nesse momento? Então, compartilhe o material com seus amigos nas redes sociais!