Saiba já como gerar leads com 11 ferramentas de Inbound Marketing

13 de agosto de 2018
PUBLICADO EM blog
13 de agosto de 2018 Marcelo Rama

Atualmente, empresas de pequeno, médio e grande porte utilizam as ferramentas de Inbound Marketing na intenção de alcançar resultados cada vez melhores, seja para vender um produto ou um serviço. Contudo, nem todos os profissionais sabem como gerar leads para conquistar clientes fidelizados.

Mesmo que as intenções sejam concretas, é preciso utilizar as ferramentas corretas e ter um bom planejamento para que os resultados sejam positivos.

Pensando nisso e para que você se aprofunde no assunto, criamos este post com as ferramentas de Inbound Marketing mais recomendadas para a geração de leads. Acompanhe a leitura, confira as nossas dicas e descubra como atrair novos clientes para o seu negócio!

Como funciona o processo de geração de leads?

Antes de contarmos quais são as melhores ferramentas de Inbound Marketing, precisamos explicar como a sua empresa conquista um lead, não é mesmo?

Um lead é gerado todas as vezes em que um usuário aceita disponibilizar suas informações — seja e-mail, nome ou telefone — em troca de uma oferta de valor. Geralmente, os conteúdos que mais auxiliam um visitante a trocar os seus dados são os seguintes:

  • e-books;
  • planilhas;
  • guias;
  • checklist;
  • resultados de enquetes;
  • pesquisas online.

Ou seja, é por meio da geração de leads que a sua empresa consegue avaliar o interesse dos usuários que visitam as suas páginas e estudar a taxa de conversão — que, se estiver alta, significa que o conteúdo oferecido está de acordo com as expectativas dos consumidores.

Quais ferramentas de Inbound Marketing são mais eficazes?

Você sabia que existem diversas estratégias que podem ajudar uma empresa a gerar mais leads e, inclusive, alimentá-los em qualquer um dos estágios do funil? Isso mesmo! Há ainda alguns métodos exclusivos para transformar esses leads em clientes fidelizados.

Abaixo, listamos as principais ferramentas de Inbound Marketing que devem ser utilizadas pela sua corporação para gerar leads. Confira!

1. Blogs

Que tal concentrar toda a estratégia de conteúdo da sua empresa em um só lugar? Essa é a oportunidade que um blog oferece para a sua marca.

Desenvolver um blog proporciona a elaboração de conteúdos ricos em informações, que vão ser publicados em um local específico para os seus usuários. Também é permitido compartilhar infográficos, artigos, cases de sucesso e qualquer outro material considerado interessante para o público-alvo da sua empresa.

Aqui, vale a pena lembrar que você não deverá produzir conteúdos que estejam relacionados ao seu negócio, e sim totalmente focados nos interesses do cliente.

Ao acessar um blog, o consumidor deseja entender melhor as suas necessidades e encontrar soluções eficazes para os seus problemas — e é justamente aí que o seu trabalho fará todo o sentido.

2. Redes Sociais

Ter uma página no Facebook, Twitter, Instagram ou LinkedIn é essencial para a comunicação de uma empresa com o seu público online. Para obter sucesso com essas ferramentas é preciso realizar um estudo a respeito do seu público-alvo e como ele se comporta no mundo digital.

É possível interligar essas páginas com o blog da empresa e compartilhar as publicações com chamadas atraentes nas redes sociais. Dessa forma, você vai atrair os seus seguidores para consumirem o conteúdo disponível no seu site.

Outra dica valiosa é não se apegar somente aos conteúdos publicados nessas plataformas. Muito além de produzir apenas posts, você deverá, de fato, interagir com os seguidores.

Faça perguntas, promova enquetes, utilize os recursos em vídeo para se aproximar do público. Juntos, esses detalhes fazem com que a sua marca tenha mais personalidade e seja vista de um jeito humanizado pelos consumidores.

3. SEO

Search Engine Optmization é uma das ferramentas de Inbound Marketing que mais auxiliam as empresas na hora de gerar leads e melhorar os seus resultados.

Também conhecida como otimização de sites, as estratégias de SEO são técnicas que ajudam na hora de conquistar mais acessos em suas páginas. Os resultados acontecem por meio da utilização de palavras-chave que melhoram o posicionamento da sua empresa nos mecanismos de busca, como o Google.

4. Webinar

Que tal conversar diretamente com o seu cliente em potencial? O webinar é uma estratégia fantástica para transmitir as suas ideias e informações para o público-alvo de uma empresa.

Mas, afinal, o que significa webinar? A abreviação em inglês de web based seminar é um modelo de seminário online. Essa ferramenta oferece a possibilidade de se expressar por meio de um conteúdo audiovisual em que o público consegue interagir simultaneamente.

Em razão da sua versatilidade, os webinars permitem que as empresas consigam atingir um grande público ou segmentar a sua audiência conforme as suas necessidades. Dessa forma, é mais fácil e rápido atrair o usuário e transformá-lo em um lead qualificado.

5. Chatbots

O Inbound Marketing está focado em suprir as necessidades e desejos dos consumidores. Para isso, utilizar um software capaz de se comunicar rapidamente com os usuários vem se tornando uma ação inovadora para as empresas.

Os chatbots estão crescendo cada vez mais entre as novas tendências utilizadas pelas marcas. Eles são usados como uma estratégia de comunicação mais rápida, ágil e simples na hora de interagir com o público na internet.

Funcionando como assistentes robotizados que automatizam o atendimento ao cliente, os bots permitem que os usuários se aproximem ainda mais das empresas e oferecem diversas possibilidades, como criação de fluxos, envio de conteúdos de nutrição, cadastros de visitantes e muito mais.

6. Landing Pages

As páginas de conversão são as suas aliadas para promover aqueles conteúdos diferenciados. Elas podem ser criadas para impulsionar a abrangência de e-books, webinars, campanhas de atração e, até mesmo, cursos online.

Utilizando ferramentas de Inbound Marketing, como a landing page, você consegue atrair um visitante curioso e gerar um lead que, com um bom trabalho, pode passar a ter interesse na sua empresa e se tornar um cliente fidelizado.

7. CTA’s

É provável que você já tenha ouvido falar no chamado Call to Action (CTA), certo? Em resumo, são pequenas frases que podem incluídas no fim de uma postagem e que fazem com que o leitor realize uma ação.

Entre os tipos de CTA’s mais utilizados nos blogs estão os que direcionam o usuário para outro link, os que estimulam o cliente a entrar em contato com a empresa ou, até mesmo, aqueles que convidam o leitor a compartilhar o post nas redes sociais. As opções são inúmeras!

Quando queremos descobrir como gerar leads, o CTA é essencial, uma vez que pode fazer com que o visitante preencha formulários e forneça dados pessoais para que a empresa entre em contato posteriormente.

8. Regra do 80/20

No universo do marketing e dos negócios existe uma técnica excelente para atrair e conquistar os clientes: a famosa regra do 80/20. A princípio, boa parte dos gestores ignora ou, até mesmo, desconhece esse método, mas acredite: ele é extremamente eficaz para poupar tempo, dinheiro e atrair clientes valiosos.

Essa técnica teve origem por volta de 1906, a partir de uma observação do cientista Vilfredo Pareto. No caso, o pesquisador chegou à seguinte constatação: 80% das consequências da nossa vida são causadas por 20% das nossas ações.

Anos mais tarde, essa teoria ficou conhecida como regra do 80/20 e passou a ser utilizada em diversos segmentos do mercado. No marketing, esse conceito pode ser aplicado da seguinte maneira: entregue 80% de conteúdo para os seus consumidores e somente 20% de publicidade e propaganda.

Isso quer dizer que os usuários não entram em blogs ou portais para acessar propagandas, e sim para acompanhar conteúdos interessantes e capazes de ajudá-los a solucionar uma série de problemas. Na internet, por exemplo, algumas das pesquisas mais realizadas pelos internautas são:

  • dicas de beleza ou receitas culinárias;
  • dicas para emagrecer ou aprender a tocar um novo instrumento;
  • dicas para ganhar dinheiro e aumentar as vendas;
  • dicas para aprender novos idiomas, ter uma renda extra e por aí em diante.

O truque é identificar em que a sua empresa se encaixa e qual tipo de conteúdo valioso ela pode oferecer ao público. No blog, você pode oferecer conselhos e dicas, contar experiências e fazer com que o usuário encontre o que ele realmente precisa.

Embora o processo demore um pouco para alcançar os resultados, pode confiar: a longo prazo, essa estratégia será capaz de gerar excelentes retornos para a sua marca.

9. Link building

Outra ferramenta incrível para quem deseja aprender como gerar leads é o link building que, traduzindo do inglês, significa “construir links”.

Existem dois tipos de link building: os externos e os internos. Com ambos, é possível aumentar a sua autoridade na web e, consequentemente, conquistar mais leads.

Os externos são links de outros sites que incluímos em nossos conteúdos. Para o Google, essa técnica é excelente e mostra que você está disposto a se relacionar com outras marcas no universo online.

E o mesmo vale para os sites que divulgarem a sua marca. Tal método é ideal para melhorar o seu posicionamento nos resultados de buscas e fazer com que os seus conteúdos tenham mais tráfego. Nesse caso, procure investir em parcerias sólidas com divulgadores que estejam dispostos a praticar essas estratégias.

Já os links internos, por sua vez, também merecem total atenção. São links do seu próprio site ou blog, incluídos em conteúdos produzidos pela sua empresa. Ao utilizar essa técnica, é possível fazer com que o usuário permaneça por mais tempo em suas páginas, aumentando assim a autoridade entre elas.

10. Formulários

Nunca subestime o poder de um formulário de cadastro. É por meio dessa ferramenta que os visitantes do site vão fornecer informações e demonstrar interesse no tipo de produto ou serviço oferecido pela sua marca.

Dessa maneira, você terá mais facilidade para conseguir as informações de contatos dos usuários e, com o passar do tempo, nutrir e encantar esse lead até que ele se transforme em um cliente fiel.

Só que, para que o usuário realmente preencha o cadastro, ele precisa encontrar o formulário de forma prática — caso contrário, dificilmente você receberá esse tipo de informação.

A dica é elaborar um formulário bastante chamativo, atrativo e que, de fato, esteja posicionado em um bom local, seja no blog ou em qualquer outra página do seu site.

E não é só isso: para estimular o visitante a fazer o cadastro, procure oferecer alguns benefícios. Por exemplo: “preencha o nosso formulário e receba um e-book gratuito”, ou então, “cadastre-se para receber a nossa newsletter em primeira mão”. É importante frisar para o leitor que esse procedimento é uma troca e que, no fim, todos saem ganhando.

11. Relacionamento com o cliente

De nada adianta investir em todas essas ferramentas de geração de leads se, na verdade, o relacionamento da sua empresa com o cliente não é bom.

Lembre-se: um consumidor satisfeito e contente com o produto ou serviço é a melhor maneira de atrair o público e ficar conhecido no mercado. Inclusive, é muito mais fácil encantar novos leads com indicações de consumidores que já tiveram contato com a sua marca e gostaram da experiência. A indicação é a alma do negócio!

Portanto, se você ainda não investiu nesse tipo de comunicação, é hora de arregaçar as mangas e mudar já o cenário. Como isso pode ser feito? Simples: desde o primeiro contato com o consumidor procure ter um bom diálogo, sendo sempre gentil e atencioso.

Mostre ainda a sua preocupação com a satisfação do cliente: ao fim de cada venda, procure pedir feedbacks e entender o que pode ser melhorado durante o processo. Esse tipo de tratamento é ideal para estreitar os laços com o público, solucionar problemas com mais agilidade e estimular outras compras, até que o indivíduo se torne um cliente fiel da sua empresa.

Qual é o segredo para transformar leads em clientes fidelizados?

Um dos principais erros dos profissionais de marketing é ignorar os leads no estágio inicial do funil de vendas e focar apenas naqueles que estão prontos para realizar a compra. Porém, ao fazer isso, diversos possíveis consumidores são desperdiçados por estarem em um estágio de aprendizagem e consideração.

Trabalhar com as ferramentas de Inbound Marketing da forma correta significa produzir conteúdo para todos os estágios do funil. Dessa forma, o lead vai receber o material exato para cada etapa, fazendo com que ele se torne cada vez mais interessado no trabalho da sua empresa. Existem três estágios do funil de vendas:

  • topo do funil — o usuário conhece a sua página e faz o diagnóstico de um problema;
  • meio do funil — o visitante se tornou um lead, uma vez que interagiu com o seu conteúdo;
  • fundo do funil — o lead, após ser alimentado com informações relevantes, torna-se um cliente e precisa ser trabalhado para criar uma fidelidade com a marca.

Ao seguir as dicas do texto, não vai demorar muito tempo até que os resultados comecem a aparecer e o número de clientes cresça conforme o planejado. Vale a pena!

E aí, gostou de aprender como gerar leads? Então, aproveite o momento e entre em contato conosco. A Agência DDWB conta com um time de especialistas preparados para solucionar as suas dúvidas e ajudar a sua empresa a decolar no mercado!