25 de julho de 2016 Marcelo Rama

Ao traçar uma estratégia de marketing de conteúdo você terá muitas coisas em mente: configurar seu blog, criar artigos, produzir materiais ricos e publicar todos os seus esforços em suas redes sociais. Mas como você saberá quais resultados estão sendo alcançados?

01Muitas vezes, a análise de métricas da estratégia de marketing de conteúdo fica deixada de lado. As empresas focam somente no aumento das vendas e esquecem de mensurar tantos outros fatores que serão diferenciais no desenrolar de suas campanhas de marketing digital. E não ter uma boa análise fará com que você perca muitas oportunidades para seu negócio. Então por que não aprender a acompanhar suas métricas?

espacoO Google Analytics é uma ferramenta disponibilizada pelo Google e permite o acompanhamento e a mensuração de dados de um site. Atualmente, é a melhor, maior e mais usada ferramenta para gerenciamento de qualquer movimentação que um usuário faça em seu site. Além disso, é totalmente grátis. Você encontrará uma versão paga, porém a gratuita atenderá perfeitamente as necessidades da sua empresa, sendo possível gerar mais de 80 tipos de relatórios diferentes, com uma infinidade de métricas e dados.

02Está ferramenta fornece uma grande quantidade de dados sobre as visitas de um site: onde vieram, quanto tempo passaram no site, bem como todos os dados referentes a sua “estadia” no site até dados referentes ao próprio usuário. Além disso, se você tiver uma loja virtual você poderá ver os produtos que vendeu, o quanto vendeu e que produto vendeu de cada origem de tráfego. Demais isso! Confira alguns exemplos abaixo:

espaco

  • Número total de visitantes, visitante único e visitantes que retornam ao site.
  • Origens de tráfego: De onde estão vindo os acessos que chegam ao site.
  • Metas: Quais as metas traçadas para o site foram atingidas.
  • Resultados de e-commerce: Como anda o desempenho da sua loja virtual.
  • Marketing: Quais as campanhas de marketing que proporcionam melhor resultado.
  • Mídias Sociais: Quais de suas ações em redes sociais lhe trazem maior acesso.
  • Real time: Analise em tempo real da audiência.

É com base nas informações coletadas através do Google Analytics que podemos analisar se os visitantes de um determinado site estão tendo o comportamento esperado como resposta a uma determinadas campanha de marketing online está fazendo exatamente o que esperávamos no projeto inicial, e se não, o que pode ser feito para corrigir o problema.

O monitoramento de tráfego é uma das principais funções de qualquer atividade online e indispensável para a gestão de negócios neste segmento, e Google Analytics, ou GA como também é conhecido, é a ferramenta padrão do mercado.

Atualmente, nenhum administrador de site ou profissional de marketing digital pode trabalhar sem essa ferramenta. É um verdadeiro mapa da mina para quem deseja entender melhor a interação dos usuários com um site ou campanha de marketing online.

Tentarei mostrar como você pode utilizar este serviço para obter as informações mais relevantes sobre seu site, de acordo com os diferentes tipos de site. Vale ressaltar que cada site possui seu objetivo e também cada um possui metas de conversões diferentes.  Confira abaixo os tipos de métricas mais relevantes do Google Analytics:espaco03

espacoO número de visitas indica quantas vezes o site foi acessado, já o número de visitantes vai te mostrar quantos visitantes únicos entraram no site, ou seja, se uma pessoa entrou duas vezes no seu site, você tem um visitante e duas visitas.

Para blogs e portais, esta informação pode ser muito boa para agregar valor ao seu mídia kit, assim, seus espaços para propaganda tornam-se valorosos e disputados. Lembrando que seu site deve ter um foco em um tema e público alvo.

Acompanhar essa métrica é muito importante para saber quantas pessoas você está atingindo e o quanto seu conteúdo está sendo visto.espaco04

espacoA métrica que provoca pânico, mas que nem sempre é negativa. A taxa de rejeição é uma simples porcentagem que relaciona a página que o usuário entrou no seu site e se houve ou não alguma interação com esta página. Não se assuste com um número alto! Para um blog, por exemplo, ter uma taxa de rejeição alta não é um problema. Em outros casos, se sua taxa for grande, pode significar que aquela página possui alguns erros, tais como: layout que dificulta a usabilidade, conteúdo que não atende às expectativas do público que foi destinado, entre outros. A taxa de rejeição tem uma estreita relação com a taxa de conversão, porque se a primeira página que o usuário visita no seu site não consegue fazer com que ele continue navegando, provavelmente o usuário também sai do site antes de converter (compras, preencher formulário, etc.).espaco05

espacoEssa é uma das principais métricas do Google Analytics, pois ela mostra de onde o visitante do seu site está vindo.

As origens podem ser de tráfego direto (quando o usuário digita o endereço do site no navegador), links de outros sites, buscas orgânicas do Google ou outros buscadores, redes sociais, e-mail marketing e campanhas pagas, como Google e Facebook Ads, por exemplo.

Se você integrar o seu Google Analytics com o adwords ele vai separar os acessos dessa forma:

  • Google/cpc – Google Adwords, Custo por Clique(CPC)
  • Google/organic – Google Orgânico

Caso essa integração não seja realizada, tudo ficará como Google/Organic.

Espero que esse artigo tenha sido útil para te ajudar a entender melhor os recursos do Analytics e como usá-lo. Se você não souber exatamente o que medir e sua definição de sucesso, o Analytics irá te fornecer somente uma grande quantidade de dados que, no final das contas, não te dará informação relevante nenhuma.

 

,