Como realizar uma gestão efetiva de empresas na pandemia? Entenda

2 de agosto de 2021
PUBLICADO EM blog
2 de agosto de 2021 Marcelo Rama

A gestão na pandemia é um desafio que deve ser enfrentado pelos empreendedores, seja para garantir permanência da empresa no mercado, seja para manter a competitividade do negócio junto aos seus principais concorrentes.

Uma das adaptações necessárias ao contexto está relacionada à digitalização de rotinas — adesão de práticas de inbound marketing e uso de novas estratégias de venda em ambientes online, por exemplo —, mas ainda é preciso melhorar processos de gerenciamento, reforçar medidas de higiene e segurança sanitárias e otimizar a logística, principalmente na fase de distribuição, para garantir a eficiência da empresa nesse novo contexto.

Dentre todas as ações de melhoria para atuação em tempos de crise, ainda podemos destacar a criação de um plano financeiro de contingência, uso irrestrito de ferramentas de gestão de projetos e de comunicação, atenção ao bem-estar físico e mental das pessoas envolvidas os processos e operacionalização de mais ações de responsabilidade social.

Neste artigo, você confere quais ações pode colocar em prática para garantir uma gestão adequada da sua empresa nesse momento pandêmico. Vamos lá?

Reforce medidas de higiene e segurança sanitárias

Reforçar as medidas de higiene é um dos requisitos mínimos de segurança sanitária para retomar o funcionamento das atividades de negócio no contexto pandêmico. Isso acontece por meio da limpeza e desinfecção constante do ambiente de trabalho, principalmente locais com grande circulação de pessoas, de acordo com as normas definidas pelas autoridades de saúde pública nacionais e regionais.

Além disso, a conscientização do quadro de colaboradores e pessoas que frequentam o ambiente laboral é essencial. Logo, a empresa deve disponibilizar treinamentos e fortalecer a educação acerca de medidas de segurança para proteção pessoal e coletiva durante pandemias, mas também em outras situações de risco potencial.

Crie um plano de contingência

O plano de contingência é uma forma de garantir que a sua empresa, desde os gestores até os parceiros, estejam devidamente preparados para agir em situações de risco. Para isso, crie uma equipe que será responsável pela delimitação de estratégias e implementação de medidas.

Essa equipe multidisciplinar integrará o comitê de gestão de crises e deverá incluir no plano medidas para mitigar problemas de segurança, de ordem sanitária e de âmbito gerencial, principalmente relacionadas às etapas da cadeia logística, gerenciamento financeiro e de recursos humanos.

Também é importante fortalecer a comunicação com todos os agentes que participam dos processos. Para isso, crie um canal em que o fluxo de informação seja transparente e aconteça em tempo real.

Crie ainda, um sistema de gestão de informações, que integre todos os processos e pessoas, suporte a análise de dados financeiros e permita o fortalecimento das atuais e potenciais fontes de receita em momentos de crise.

Adote medidas financeiras emergenciais

As ações em âmbito financeiro devem ser enérgicas, pois, esse é o setor que mais compromete a permanência das empresas em momentos de crise. Algumas mais importantes, que devem integrar uma análise crítica do potencial de sobrevivência do negócio em curto e longo prazo, abrangem:

  • redução de custos;
  • renegociação de dívidas e compromissos financeiros de longo prazo;
  • busca de oportunidades de crédito a juros baixos, como linhas de financiamento oferecidas por órgãos governamentais;
  • fortalecimento de parcerias estratégicas com fornecedores;
  • terceirização de atividades e processos que não integram o core do negócio;
  • reavaliação de contratos de prestação de serviços;
  • fechamento de departamentos ociosos e realocação de pessoas em setores com demanda amplificada;
  • adoção de ferramentas de gestão (ERPs — Enterprise Resource Planning), gestão de projetos e comunicação;
  • busca de formas alternativas de faturamento, de acordo com novas demandas do mercado;
  • análise de promoções e adoção de estratégias de faturamento em curto prazo (para incrementar o capital de giro, mesmo que isso signifique a redução da lucratividade);
  • diversificação e ampliação de modelos de pagamento e parcelamento de vendas.

Adote ações para a promoção do bem-estar físico e mental das pessoas

De acordo com uma pesquisa da Deloitte, 82% das empresas reconhecem a importância da adoção de rotinas de trabalho flexíveis em contextos pandêmicos, mas essa é uma tendência que promete permanecer mesmo depois que a pandemia da Covid-19 estiver controlada.

Isso porque o trabalho remoto permite a contratação de talentos fora do âmbito local, o que pode potencializar a qualidade e o nível de especialização dos profissionais que integram a equipe de trabalho, aumentar a produtividade global e garantir maior satisfação dos colaboradores.

Entretanto, para que essa flexibilidade seja viabilizada, é preciso adotar tecnologia, manter a digitalização dos processos e garantir formas de análise de desempenho, por meio da adoção de KPIs (Key Performance Indicator), por exemplo.

Além disso, a empresa deve criar um sistema de análise e monitoramento das condições de trabalho e saúde de seus colaboradores.

Outro ponto essencial nesse modelo de trabalho é a segurança das informações compartilhadas entre pessoas e durante os processos. A segurança de dados é um aspecto crítico que deve ser constantemente monitorado.

Crie ações de responsabilidade social

Contextos de crise tendem a potencializar as desigualdades. As empresas têm, naturalmente, uma responsabilidade social que envolve o bem-estar físico e mental de seus colaboradores e parceiros, entretanto, em contextos de pandemia, é preciso adotar medidas macro, principalmente na comunidade em que o negócio está inserido.

Quando a segurança financeira das famílias é favorecida e a sua capacidade de consumo é mantida, as empresas também são beneficiadas, seja pela movimentação da economia, seja pelo aumento de satisfação das pessoas que fazem parte dessa comunidade.

A garantia do emprego e estabilidade do quadro de funcionários é uma medida inicial, mas ainda é preciso pensar em formas de aproximar a marca das pessoas: garantir acesso a produtos de higiene e alimentos e outras formas de ajudar, ainda que por meio do produto ou serviço que a empresa comercializa.

Estabeleça estratégias para aumentar a visibilidade da sua marca

Como a maioria das pessoas estão em isolamento, o acesso aos produtos e serviços no mercado acontece por meio de pontos de contato digitais. Por isso, é importante que a sua marca ganhe visibilidade na Internet.

Uma das principais medidas de gestão na pandemia é a adoção de estratégias de marketing digital, que atenda adequadamente a demanda do mercado e promova as demais ações adotadas pela empresa, desde a operacionalização do plano de contingência até a divulgação das ações de responsabilidade social.

Agora que você sabe quais ações são mais urgentes para garantir a gestão da sua empresa em um momento de crise, entre em contato com a DDWB e veja como a sua empresa pode alcançar outro nível de visibilidade com o Marketing Digital!