Meta description: entenda o que é e como impacta o SEO do seu site

10 de agosto de 2020
PUBLICADO EM blog
10 de agosto de 2020 Marcelo Rama

Se você possui um site ou está começando a trabalhar com marketing digital, certamente já ouviu falar sobre “meta description”. Este e outros termos são fundamentais para os bons resultados nos mecanismos de busca, e é por isso que você precisa conhecê-los.

No artigo de hoje vamos explicar o que é a meta description, como ela funciona, quando ela é utilizada e quais ferramentas são excelentes alternativas para melhorar a rotina de marketing e checar essa informação em todas as páginas do site.

Quer aprender sobre o tema? Continue a leitura.

O que é meta description?

A meta description nada mais é do que um pequeno resumo que descreve o que o usuário irá encontrar naquela página. A ideia é que, através dessa descrição, os usuários fiquem instigados em ler o conteúdo que estar ali disposto e cliquem no seu link.

Imagine uma busca no Google, onde você procura por “o que é marketing digital”. Certamente, sua tendência é clicar em títulos e descrições mais atrativas, e é exatamente esse o papel da meta description.

Caso você não preencha a meta description com o resumo que acha mais adequado, é comum que ela seja preenchida automaticamente, com a introdução ou um trecho aleatório do seu material, o que nem sempre causará o efeito atrativo para os seus possíveis leitores.

Apesar de não interferir diretamente no ranqueamento das páginas, de acordo com o Google, ela é de extrema importância quando consideramos a necessidade de captar a atenção do usuário em meio a tantas possibilidades de resultados nos mecanismos de busca.

Como a meta description é utilizada?

A meta description pode ser utilizada em dois contextos: nos resultados de busca ou nas redes sociais.

Nos resultados de busca, é aquele conteúdo que aparece logo abaixo do título, explicando de forma resumida para o usuário o que esperar do conteúdo que está naquela página. Caso a meta description tenha a palavra-chave buscada pelo usuário, é comum, inclusive, que essa palavra-chave apareça em negrito, aumentando ainda mais a “atratividade” da sua descrição para o usuário, que possivelmente irá escolher esse link para ser acessado. Caso não, ela continuará aparecendo, mas sem o termo em destaque.

Já nas redes sociais, a meta description também fica em evidência. Sempre que o usuário compartilha um link em uma das plataformas sociais, essa descrição virá logo abaixo do texto, acompanhado possivelmente de uma imagem de destaque.

Mais uma vez, é fundamental que você, enquanto profissional de marketing ou responsável por essa área, esteja atento à importância de definir uma meta description de qualidade, capaz de chamar a atenção do seu público e melhorar a taxa de cliques.

Como a meta description impacta nas estratégias de SEO?

Antes de pensarmos em como ela impacta nas estratégias de SEO, precisamos entender o que, de fato, é o SEO.

O objetivo principal do SEO é conseguir aumentar os resultados de um blog ou site de forma orgânica, para melhorar o número de visitas, a geração de leads e, por consequência, as taxas de conversão de fundo de funil.

Tendo isso em mente, podemos falar sobre a meta description. Como dito anteriormente, o próprio Google já deixou claro que ela não é um fator de grande peso para a melhora do ranqueamento.

No entanto, quando pensamos nas estratégias orgânicas e em como atrair cada vez mais pessoas para as suas páginas, um resumo de qualidade, atrativo e bem escrito pode ser a peça que faltava para aumentar o número de cliques nos seus links nos resultados de busca.

Dessa forma, a meta description atua aumentando o potencial de cliques das suas páginas nos mecanismos de busca.

Como criá-la de forma eficiente?

Para criar uma meta description eficiente, é preciso considerar alguns detalhes: a objetividade, CTAs, uma linguagem capaz de despertar o interesse do leitor, a palavra-chave e, claro, os chamados “gatilhos mentais”.

Objetividade

A objetividade é fundamental. A meta description possui um limite de caracteres, e isso exige que você seja capaz de ser muito sucinto no resumo que está fazendo. Para isso, mantenha o foco no tema e trabalhe de forma estratégica.

Linguagem adequada

A linguagem adequada é capaz de chamar a atenção dos usuários. Uma boa estratégia é aprender a usar uma linguagem persuasiva que, certamente, “venderá” o seu conteúdo.

CTA

O CTA, call-to-action, é uma chamada para que o usuário tome uma decisão rápida. Na meta description, você pode incluí-lo como uma das opções para aumentar a taxa de cliques naquele link.

Dentre os tipos de CTA mais comuns, temos:

  • inscreva-se;
  • baixe gratuitamente;
  • parcele em até x vezes;
  • compre agora;
  • reserve agora;
  • aprenda conosco;
  • confira o preço; etc.

Palavra-chave

Como já foi explicado previamente, utilizar a palavra-chave pode ser uma excelente estratégia durante a criação da sua meta description. Garantir que esse termo esteja presente no resumo assegura que ele tenha um bom destaque, caso seja compatível com a pesquisa do usuário.

No entanto, é preciso ter cuidado: para inserir a palavra-chave da melhor maneira possível, é preciso que o texto soe natural, sem “forçar a barra” com o termo.

Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais tendem a estimular o comportamento do usuário e fazer com que ele clique no seu link. Eles são responsáveis por ajudar os leitores a tomarem decisões quase que no “piloto automático”, e podem trazer bons resultados quando analisamos as taxas de clique.

Veja se é possível inserir em sua meta description alguns gatilhos como:

  • escassez: frases que remetem à últimas vagas, somente hoje, etc.;
  • curiosidade: revelar um segredo;
  • autoridade: pontuar o artigo mais lido, as dicas mais importantes;
  • urgência: trabalhando a necessidade de acessar o conteúdo “agora”.

Como saber se a sua meta description está adequada?

Além de seguir as melhores práticas que citamos anteriormente, existem também ferramentas que podem te ajudar a identificar as meta descriptions e criá-las da melhor maneira possível.

O Yoast é uma das ferramentas mais comuns, utilizada principalmente no WordPress, e permite que você não se esqueça de preencher a meta description, além de ajudar a definir a palavra-chave para cada uma delas.

Temos também o Ahrefs, ferramenta que irá auditar o seu site e identificar os principais erros. Dentre os erros, ele aponta páginas que estão sem meta description, para que você resolva o problema e melhore a sua performance.

Entender o que é a meta description e saber criá-la de forma estratégica pode ajudar a alavancar o seu negócio, aumentando a taxa de cliques, número de leads e até, por consequência, o número de vendas.

Quer aprender mais sobre o tema e melhorar os resultados da sua empresa? Siga-nos nas redes sociais e acompanhe nossas dicas. Estamos no Instagram, Facebook e LinkedIn.