Como incorporar o marketing verde na estratégia da sua empresa?

23 de novembro de 2020
PUBLICADO EM blog
23 de novembro de 2020 Marcelo Rama

Negócios de sucesso estão sempre à frente com as melhores soluções para seu público. Para garantir a lembrança da marca, o investimento nas estratégias de comunicação mais relevantes é a aposta para fomentar o impulsionamento de resultados. Este é o caso do marketing verde, tendência que vai ao encontro do perfil do consumidor atual, mais consciente e interessado em uma relação coerente com as marcas que escolhe.

Neste artigo, mostraremos um pouco mais sobre o ecomarketing, suas vantagens, bem como dicas para implementá-lo no seu negócio. Além de adotar um posicionamento que gera visibilidade à sua marca, você ainda terá um planejamento que se alinha com uma perspectiva ambientalmente responsável. Boa leitura!

Descubra o que é e como funciona o marketing verde

Os recursos naturais não são inesgotáveis, e já faz algum tempo que vários grupos se reúnem para discutir as principais soluções para minimizar o impacto gerado pelo ser humano no planeta. Uma das principais constatações é justamente que o formato de extração de matéria-prima e produção alteram, e muito, o equilíbrio existente na natureza.

Neste sentido, o empresariado se posiciona como ator protagonista, contribuindo ou degradando o meio ambiente. Foi assim o pensamento de muitos consumidores no final do século passado. Eles passaram a pressionar as empresas para que elas tivessem atitudes mais coerentes com a preservação do planeta. Assim surgia o marketing verde.

Com foco em um público segmentado cada vez maior, as empresas perceberam que ter um posicionamento mais sustentável não trazia vantagens apenas para o planeta, como também para a economia do negócio (uma vez que a divulgação das ações gerava visibilidade).

Para ter ações dessa natureza, é importante considerar os 3Rs (reduzir, reutilizar e reciclar), os 4Ss (sustentabilidade, satisfação do cliente, segurança e aceitação social) e um posicionamento baseado nos princípios dessa estratégia, que é ser ambientalmente correto, ecologicamente viável, economicamente justo e culturalmente aceito.

Confira os principais benefícios do marketing verde

Você deve ter percebido que o ecomarketing está bem alinhado com as expectativas atuais. Afinal, o consumidor de hoje espera que a cadeia de valor esteja focada em melhorias na entrega, e as questões ambientais fazem parte da sua preocupação. Veja, a seguir, por que sua empresa deveria considerar ações mais sustentáveis. Use o marketing verde para:

  • atrair consumidores conscientes;
  • aumentar a credibilidade da sua empresa;
  • reforçar o posicionamento da marca;
  • destacar a empresa, gerando a simpatia do público;
  • estar alinhado aos direitos do consumidor e posicionamentos politicamente responsáveis;
  • estimular e motivar os colaboradores a atuar em uma empresa que se importa com as relações humanas e com o meio ambiente;
  • seguir uma das maiores tendências de mercado.

Veja alguns passos importantes para incorporar essa estratégia

Quando falamos em ter um marketing verde na empresa, podem vir muitas ações à mente. Então, o ideal é se organizar para entender como aproveitar da melhor forma a estratégia. Veja algumas dicas para implementar o ecomarketing.

Desenvolva um planejamento coerente

O primeiro ponto é o planejamento. Isso porque o consumidor é cada vez mais conectado e busca coerência nas falas e posicionamentos da organização. Então, se você pretende investir no marketing de relacionamento, mostrando o quão sua empresa é humana, mas não investe em um tratamento adequado para os colaboradores, além de não ter efeito, isso pode gerar impactos negativos para o negócio.

Verifique se é possível investir em reciclagem

Para empresas que oferecem produtos, esse ponto é até mais fácil, pois pode ter relação com as embalagens, por exemplo. Entretanto, a reciclagem não precisa estar ligada apenas ao que você entrega para o consumidor final. Um restaurante pode investir na reciclagem dos resíduos gerados pela cozinha, enquanto um escritório pode focar na reutilização de materiais (desde o toner da impressora até os copos para água).

Crie meios de economizar água na empresa

Um modelo de torneira sustentável para os banheiros e cozinha da empresa, a coleta e utilização da água de chuva para lavagem de pisos e, até mesmo, descarga são alguns exemplos que podem ser adotados pela organização para economizar água. Além disso, também é possível incentivar o uso adequado desse bem por meio de campanhas de conscientização.

Comece a separar adequadamente os resíduos

Outra solução simples que pode ser implementada é a criação de um posto de coleta na empresa. Vale destacar que além de oferecer um ponto para o descarte adequado dos resíduos, assim como no caso da economia de água, é fundamental apostar em um planejamento de marketing para explicar e incentivar colaboradores e consumidores a fazer o uso adequado do ecoponto.

Veja se o mix de produtos oferecidos é durável

Vivemos em uma cultura do descartável. Além dos produtos com essa finalidade, os bens duráveis costumam ser de materiais com uma qualidade baixa para reduzir os custos, o que diminui sua vida útil. Apostar em um mix de qualidade, que promove maior duração dos produtos, além de ser uma atitude que agrega valor à marca, também pode ser divulgada como ação de marketing verde.

Esteja disponível para ouvir seu público

Entender quais são as necessidades da audiência e analisar as estratégias da concorrência são dois pontos fundamentais para fazer ecomarketing. Afinal, soluções surgem a todo momento e é preciso entender no que sua empresa pode focar para desenvolver as melhores ações a favor do meio ambiente.

Entenda alguns erros ao implementar o ecomarketing

Talvez você conheça a expressão greenwashing (em português poderia ser conhecida como lavagem verde) e, apesar de ter green no nome, é um dos principais erros que uma empresa pode cometer ao tentar fazer ecomarketing. Ela consiste em anunciar algo que a empresa de fato não realiza. O escândalo e a propaganda negativa gerados são grandes.

Até mesmo grandes marcas são afetadas com isso. A Nestlé, por exemplo, fez uma campanha dizendo que usava grãos de cacau sustentáveis, porém, foi descoberto que sua extração na verdade contribuía para o desmatamento na África e ainda contava com a exploração de mão de obra escrava e infantil. A empresa precisou se reposicionar e contornar a situação.

Gostou das nossas dicas sobre o marketing verde? A maioria das ações é simples, mas tem um impacto grandioso. Além de gerar visibilidade para a empresa, seu negócio ainda contribui com questões sociais e ambientais. Vale a pena contar com uma agência de marketing para implementar esse tipo de ação e ter atenção para não ficar apenas no discurso e oferecer ações reais.

Para entender melhor como uma agência pode contribuir no marketing verde, entre em contato conosco e descubra como podemos impulsionar esse tipo de ação!