Vendas no home office – 7 dicas para coordenar sua equipe

10 de maio de 2021
PUBLICADO EM blog
10 de maio de 2021 Marcelo Rama

As mudanças de hábitos que vivenciamos ultimamente, foram um fator determinante para que as vendas no home office se consolidassem, o que foi realmente desafiador para muitos gestores e profissionais. Embora a adaptação possa ser complicada no início, fazer a boa gestão da equipe comercial remotamente é completamente viável e, além disso, representa o futuro.

Primeiramente, podemos falar sobre os ganhos financeiros que o teletrabalho tem: o custo de aquisição por cliente (CAC) é reduzido, uma vez que as despesas fixas e de deslocamento são parcial ou totalmente interrompidas.

vendas no home office - homem mostra informação no computador para colega

Ao mesmo tempo, a produtividade aumenta, pois, há economia de tempo e melhora na qualidade de vida dos colaboradores.

No entanto, para obter sucesso no segmento e coordenar todas as atividades à distância, também é preciso planejamento, organização e disciplina.

Confira então 7 dicas para potencializar as suas vendas no home office, criando soluções assertivas.

Como trabalhar com vendas no home office?

A tecnologia e as boas práticas devem ser aliadas – desde o momento de prospecção, até a manutenção da cartela de clientes.

Veja como lidar com todos os cenários para manter ou até mesmo, aumentar os ganhos.

Tenha um playbook de vendas

O playbook é um documento que permite a qualquer vendedor saber exatamente sobre o que determinado produto a ser comercializado se trata. Além disso, ele contém as diretrizes da empresa para cada etapa de venda, bem como as formas de conduta e abordagem mediante uma negociação.

Desse modo, ele é como um guia que visa padronizar os processos, diminuir os ruídos e orientar os colaboradores para execução do serviço.

Sua importância é muito grande, principalmente para as vendas no home office. Sobretudo porque as pessoas podem consultar o material sempre que preciso e por facilitar a integração da equipe já existente e de possíveis novos membros.

Caso sua empresa não possua, corra atrás da informação ou elabore um. Certamente, ele será um ótimo apoio e fonte de consulta.

Defina bem os processos

Além da orientação e padronização, ter todas as etapas bem delineadas faz toda a diferença para manter uma equipe alinhada e produtiva.

A área comercial pode ficar um pouco deslocada sem o trabalho e contato externo direto, mas com o devido suporte e acompanhamento das atividades, fica muito mais difícil se desviar da rota ou cometer erros desnecessários.

Deste modo, é preciso que haja transparência por parte dos gestores, explicando detalhadamente como devem ser conduzidas as tarefas e que cuidados tomar para que o trabalho seja eficiente.

Deixe claras as oportunidades

Dependendo do produto e/ou serviço ofertado, era provável que o time enfrentasse as limitações de tempo ou distância em relação aos clientes.

Com o impulso da digitalização, um novo mundo de alternativas se abriu: pode-se atingir muito mais pessoas e em lugares que antes seriam inviáveis pela questão do custo.

Sendo assim, deixe isso claro para quem está na linha de frente, uma vez que as chances de efetuar transações foi ampliada e com isso, há aumento de escalabilidade e comissões.

equipe comercial no trabalho remoto - pessoas juntam suas mãos sob mesa, em sinal de esforço de equipe

Tenha um bom software de vendas

Uma das dicas mais importantes, é usar a tecnologia a favor da equipe comercial. Simplesmente não é mais viável, após todas as transformações digitais que estamos experienciando, se apoiar em múltiplos documentos e planilhas para obter informações e relatórios.

Ter um bom software de gestão de vendas é decisivo para o bom trabalho comercial em casa. Veja alguns dos benefícios que ele pode trazer para você a para a sua equipe:

  • Centraliza todas as informações;
  • Auxilia o processo de prospecção;
  • Qualifica os leads e mostra os históricos de interação;
  • Faz a gestão do processo de follow up;
  • Integrado com um módulo de CRM, permite consultar todas as informações pertinentes aos clientes e suas necessidades;
  • Armazenamento de propostas e contratos padronizados ou por áreas;
  • Assinatura digital para simplificar os processos junto aos clientes;

Aproveitar os recursos de Inteligência Artificial não só facilita o andamento das atividades de todos, como também faz permite controlar o que foi feito (ou não) e aumenta infinitamente a produtividade.

Portanto, essa dica é essencial para as transações sejam bem sucedidas e que o negócio seja sustentável – tanto no presente, como (e principalmente) no futuro!

Mantenha os dados em nuvem

Na mesma linha de pensamento acima citada, é importante que mais do que suas informações estejam organizadas e concentradas, que elas também sejam acessíveis em diversos dispositivos e também em qualquer lugar do Brasil – ou do mundo.

Afinal, as vendas no home office exigem flexibilidade e acessibilidade de todas as formas. Armazenar todas as informações em nuvem permite que elas sejam acessadas por todos, independentemente de onde estejam – o que garante agilidade e mais eficiência.

vendas no home office - imagem de escritório em casa

Integre as áreas

Muitas vezes, as empresas tratam as áreas de Marketing e Vendas como se fossem universos completamente separados. Na verdade, é de extrema importância que, estrategicamente, os dois departamentos tenham conexão e sinergia.

Quando isso acontece, o chamado “smarketing” pode proporcionar até quase 70% mais chance de conversão (segundo pesquisa da Marketo).

Entenda como os dados e estratégias das duas áreas podem ser compartilhados para gerar melhores insights de captação e qualidade de leads, aumentar a taxa de conversão, reduzir o ciclo de vendas e aumentar a lucratividade.

Inclusive, é importante criar um SLA (Service Level Agreement), que nada mais é do que garantir que os dois setores tenham metas definidas para trabalhar em conjunto. Por exemplo, se é desejável que Vendas feche 50 contratos/mês, o Marketing supostamente entregaria 500 leads qualificados.

Isso faz com exista mais previsibilidade no trabalho, e permite que todos tenham base do que precisa ser entregue e como, mesmo à distância.

Acompanhe o processo com qualidade

A liderança se faz essencial nas vendas no home office, uma vez que os colaboradores podem se tornar dispersos ou sem foco. Garantir que o trabalho seja bem executado e fazer a boa gestão de equipes virtualmente, de acordo com o que foi planejado, é a chave para o crescimento.

Faça reuniões rápidas e objetivas com a equipe todos os dias ou algumas vezes na semana para entender quais são as dificuldades enfrentadas e como resolvê-las, e também as oportunidades.

As vendas no trabalho remoto podem surpreender

Caso os pontos acima sejam aplicados corretamente, é muito provável que as conversões no home office sejam tão ou mais efetivas do que eram antes, feitas presencialmente.

Visto que grande parte das empresas já aderiu ao teletrabalho definitivamente, cabe encontrar a maneira mais organizada e planejada para que sua equipe esteja engajada e motivada para obter os melhores resultados.

Conte com a tecnologia para captar e manter os clientes satisfeitos, faça um trabalho consistente e você verá que, mais do que factíveis, as vendas no nome office podem ser ainda mais vantajosas e convenientes para todos os envolvidos.

Afinal, a adaptação definitivamente chegou para todos, e com ela, novos caminhos e formas de se chegar ao sucesso.