Facebook Ads: o que esperar da ferramenta para 2019?

11 de fevereiro de 2019
PUBLICADO EM blog
11 de fevereiro de 2019 Marcelo Rama

O marketing digital evoluiu como nunca nos últimos anos. Novas ferramentas surgirafm e os consumidores estão cada vez mais conectados. Isso fez com que as marcas precisassem se atualizar para continuar crescendo de acordo com as tendências e o Facebook Ads é uma ótima opção para o sucesso!

Anunciar uma empresa na maior rede social do mundo, aproveitando a possibilidade de dar visibilidade aos seus serviços e produtos para milhões de pessoas nunca foi tão fácil. O melhor: com um custo-benefício jamais visto.

Facebook para empresas está se tornando, portanto, uma ferramenta essencial atualmente. Mas você sabe como usar essa plataforma para o seu crescimento no mercado? Continue a sua leitura e entenda qual é o caminho para a ascensão digital!

O que é o Facebook Ads?

rede social mais usada no mundo precisou se adaptar para atender às novas necessidades do marketing digital. Com isso, o Facebook começou a pensar em alternativas na busca por desenvolver uma ferramenta que estivesse à altura do mercado.

Com essa necessidade e a possibilidade de fazer com que as marcas começassem a investir para ganhar visibilidade entre os usuários conectados, a plataforma criou o Facebook Ads. Hoje, ele é conhecido como uma funcionalidade digital que oferece um sistema eficiente de mídia paga, com a vantagem de comprar diferentes formatos de anúncios e permite que os anunciantes acompanhem cada etapa do seu investimento.

A variedade de formatos de mídia possíveis permite maiores chances de conversão, indo além dos anúncios de texto tradicionais e transformando a ferramenta em um dos sistemas mais eficientes do marketing digital.

Por se tratar de uma funcionalidade que trabalha com termos específicos, geralmente mais conhecidos por especialistas na área, nem todos os profissionais conseguem compreender o seu funcionamento com facilidade. Por isso, elaboramos algumas dicas para que você consiga promover a sua empresa e alcançar os objetivos estabelecidos durante o planejamento de uma campanha.

Como o Facebook Ads funciona?

O Facebook Ads é uma plataforma completa que oferece infinitas funcionalidades voltadas para atender aos objetivos e expectativas de uma marca que investe o seu dinheiro na plataforma. No entanto, muitas pessoas ainda não sabem como anunciar no Facebook.

Por essa razão, a seguir, vamos explicar alguns detalhes essenciais que você precisa conhecer antes de começar a anunciar.

Os tipos de anúncios

Atualmente, existem 10 formatos de anúncios disponíveis no Facebook Ads. Você pode escolher qual deles é o essencial de acordo com o objetivo da sua campanha. Eles estão divididos em 3 categorias. Confira!

Reconhecimento

  • reconhecimento da marca: presente em campanhas de branding, esse formato está voltado para alcançar usuários que estariam dispostos a conhecer a sua marca e usufruir dos serviços e produtos oferecidos;
  • alcance: voltado para aparecer nos feeds da maior quantidade de pessoas possíveis que fazem parte do público-alvo de uma empresa. Com essa função também é possível controlar a frequência na qual os usuários visualizam essa publicação.

Consideração

  • tráfego: desenvolvido para direcionar os usuários do Facebook para uma página externa, seja uma landing page de ofertas, sejam downloads, serviços ou eventos;
  • envolvimento: essa categoria foi desenvolvida para promover, principalmente, as publicações das empresas na rede social. Com essa opção é possível direcionar o usuário para três CTAs: gerar envolvimento com a publicação, participar de um evento ou curtir a página do post;
  • instalações de aplicativo: os aplicativos são uma estratégia única para que as marcas estejam a apenas um clique de distância dos seus consumidores e o Facebook compreende isso. Por essa razão, esse formato de anúncio permite o incentivo de download dessas ferramentas atuais;
  • visualizações do vídeo: os audiovisuais também ganharam a cena nas mídias digitais, recentemente. A facilidade de consumir materiais em formatos de vídeo proporcionou o surgimento de novos criadores de conteúdo e auxiliou as marcas na hora de criar campanhas interativas. Sendo assim, o Facebook Ads permite a criação de anúncios nesse formato, criando uma aproximação mais pessoal entre companhias e usuários;
  • geração de cadastros: que tal conseguir algumas informações de contato importantes do seu público-alvo para criar uma base de dados? Esse formato é essencial para empresas que desejam criar listas de newsletter e precisam de informações como e-mail, nome e data de aniversário.

Conversão

  • conversões: semelhante à opção de tráfego, essa ferramenta permite que as empresas acompanhem com mais detalhes as taxas de conversão dos seus investimentos. Dessa forma, é possível analisar se os usuários estão se comportando conforme o planejamento e quais são as ações que podem otimizar os resultados;
  • vendas do catálogo de produtos: essa nova funcionalidade do Facebook Ads possibilita que as empresas promovam a venda dos seus produtos por meio dos anúncios e, para isso, a plataforma armazena um catálogo dos artigos disponíveis e os anuncia para o público-alvo cadastrado na segmentação da campanha;
  • visitas ao estabelecimento: muito se perguntava sobre qual era a influência do marketing digital para as lojas físicas e hoje é possível atrair um consumidor por meio do Facebook Ads e fazer com que esse usuário seja levado até o estabelecimento.

Conceitos importantes

Antes de criar o seu anúncio, é necessário conhecer alguns dos principais termos que são encontrados durante o marketing no Facebook. Embora possam parecer definições complexas, o funcionamento da ferramenta é muito simples.

Segmentação

Todas as vezes que uma empresa cria um novo anúncio, independentemente do formato, é necessário definir o público que deve ser alcançado. Esse processo é denominado de segmentação e é nessa etapa que você configura informações como:

  • localização dos usuários alcançados;
  • idade;
  • interesses;
  • gênero;
  • idiomas;
  • dados demográficos.

Quando uma empresa sente dificuldades em direcionar os seus anúncios para os usuários corretos, os resultados podem não ser como o esperado e prejudicar uma campanha. Pensando nisso, o Facebook desenvolveu a ferramenta Audience Insights, que auxilia as marcas na hora de criar uma lista de audiência se baseando em interesses e dados relevantes do target.

Orçamento e programação

O Facebook Ads foi desenvolvido para todos os modelos de campanhas digitais. Por isso, existem dois modelos de configurações para determinar o ritmo do seu investimento na plataforma:

  • orçamento diário: com essa possibilidade, as empresas conseguem determinar um valor específico a ser gasto todos os dias em anúncios para milhares de usuários;
  • orçamento vitalício: nessa configuração, as marcas inserem um valor máximo a ser gasto durante os dias nos quais o anúncio estará disponível e a ferramenta se encarrega de trabalhar para gastar a quantia, direcionando a sua campanha para o público segmentado.

CPM ou CPC

Existem duas modalidades de otimização do seu investimento no Facebook Ads. São eles:

  • CPM: ideal para campanhas de reconhecimento da marca, o Custo Por Mil costuma ter um investimento menor a cada mil visualizações de usuários;
  • CPC: voltado para gerar envolvimento com o público, o modelo Custo Por Clique faz com que a plataforma tenha como objetivo entregar o seu anúncio para pessoas mais propensas a interagir com a campanha, seja acessando uma landing page, seja realizando um cadastro.

Retorno sobre o investimento em publicidade

Também conhecida como ROAS, essa métrica é muito importante para que as marcas consigam determinar se o resultado de uma campanha foi positivo ou negativo. Esse cálculo é realizado da seguinte maneira:

ROAS = valor de conversão das compras no site/valor total gasto

Como fazer um anúncio?

Agora que você já conhece um pouco mais da linguagem utilizada durante a criação de uma campanha de marketing digital no Facebook Ads, preparamos um passo a passo completo sobre como configurar o seu investimento na plataforma e alcançar os seus objetivos!

1. Na barra de pesquisa do Facebook procure por ”Gerenciador de Anúncios”

O primeiro passo é buscar pela ferramenta de criação e alteração de anúncios. Ao acessar essa funcionalidade dentro do Facebook, você vai se deparar com uma tela que mostra todos os seus anúncios em ”Visão geral da conta”.

2. Selecione ”Anúncios” e depois ”Criar”

Nesta etapa, o Facebook Ads apresenta duas possibilidades de campanhas:

  • criar campanhas completas: é possível preparar todos os detalhes do anúncio, deixando tudo pronto para veicular o mais rápido possível;
  • criar estruturas de campanhas: permite a inserção de detalhes sobre os anúncios e seus conjuntos para confirmar a veiculação em outro momento.

3. Configure a campanha

Depois, é o momento de começar a preparar o seu material para os usuários, começando pelo Objetivo de Marketing, que citamos no início do texto, com 10 possibilidades.

Passando para a próxima etapa, é necessário configurar o nome do conjunto de anúncios e criar um novo público-alvo. Definir essa segmentação pode ser um processo complicado para marcas que ainda não conhecem o perfil dos seus consumidores. Por isso, o Facebook já oferece algumas opções para que esse trabalho não seja tão complicado. Falamos um pouco sobre isso em Segmentação, no início do texto.

4. Defina o posicionamento

Existem três possibilidades de anúncios voltados para que as marcas consigam aparecer no momento certo e para os usuários mais propensos a interagirem com o CTA (Call To Action) configurado. São eles:

  • anúncios no Facebook Stories: vídeos e imagens no formato vertical;
  • posicionamentos automáticos: voltado para maximizar o orçamento e auxiliar na hora de alcançar mais pessoas de acordo com o target estipulado;
  • editar posicionamentos: desenvolvida para anúncios mais específicos, no entanto, essa personalização pode fazer com que menos usuários sejam alcançados.

5. Configure o orçamento e a programação

Chegou a hora de tirar o dinheiro do bolso e configurar o valor investido na campanha e a duração do período de exibição dos seus anúncios. Nessa etapa, as marcas conseguem definir entre um gasto diário equilibrado ou aparecer para milhares de usuários ao mesmo tempo, fazendo com que a própria plataforma coordene o valor conforme a data final das exibições.

6. Prepare o anúncio

Por fim, chegamos à última fase da configuração da sua campanha no Facebook Ads e falta muito pouco para ter o seu material veiculado para milhares de usuários na rede social.

Agora, é a hora de configurar a página que vai receber o investimento. Essa opção é voltada principalmente para agências que lidam com diferentes clientes e precisam criar campanhas para cada um deles no Facebook. Nessa etapa, é possível vincular também a conta do Instagram para receber a publicidade.

Formato

Existem quatro modelos de anúncios disponíveis no Facebook Ads. São eles:

  • carrossel: inclui duas ou mais imagens ou vídeos roláveis;
  • imagem única: anúncio com apenas uma ilustração ou foto;
  • vídeo único: apenas um conteúdo audiovisual ou permite inserir várias imagens que se transformem em um vídeo;
  • apresentação multimídia: vídeo em loop de até 10 segundos.

É importante lembrar que o tamanho da imagem recomendado é de 1080×1080 pixels em uma proporção de 1:1. Para vídeos, os formatos indicados são mp4, .mov ou .gif, com até 15 segundos, e o tamanho permitido é de até 4GB.

Texto

O título do seu anúncio é essencial para atrair a atenção do usuário. Sendo assim, a criatividade é uma ótima aliada nesse processo. A descrição da inserção é opcional e varia conforme o objetivo da campanha.

Claro, a URL de destino, ou seja, a landing page para qual o usuário deve ser direcionado, é necessária para que os resultados sejam eficientes. Além disso, o botão Chamada Para Ação (também conhecido como CTA) está disponível com várias opções, de acordo com os objetivos determinados durante o planejamento.

Rastreamento das conversões

Existem três possibilidades de medir os resultados dos seus anúncios a partir das conversões e o Facebook Ads permite que as marcas escolham a melhor opção de acordo com as suas campanhas.

  • pixel: um código fonte disponibilizado para ser inserido no código da página de landing page que permite a contabilização de ações valiosas dos acessos com origem no anúncio criado. Essa configuração representa uma etapa fundamental para mensuração e otimização das campanhas de performance, ele é responsável em devolver para o Facebook Ads os dados de comportamento e conversões como quais produtos foram acessados, quanto um usuário sai do facebook e chega até sua landing pages, respostas de preenchimento de lead e a receita dos pedidos para otimização de campanhas de comércio eletrônico;
  • eventos do aplicativo: analisa, mensura e disponibiliza métricas sobre o desempenho do seu investimento para promover um aplicativo;
  • offline events: permite o upload de informações fora da internet e interaction data para mensurar as conversões. A partir disso, é possível criar listas de audiências baseadas nessas transações.

7. Confirmar

Pronto! Depois de seguir os passos acima, você só precisa clicar em ”Confirmar” e acompanhar o desempenho do seu investimento na plataforma. Lembrando que o acompanhamento é tão importante quanto a implementação correta do seu anúncio.

A partir dessas análises e a possibilidade de ajustar as suas campanhas em tempo real, acompanhar os números permite a realização de mudanças visando à otimização do anúncio configurado, gerando mais resultados.

Quais as vantagens do Facebook Ads?

Depois de conhecer mais sobre essa plataforma, que está cada vez mais se destacando entre as estratégias de marketing digital, notamos a importância de apresentar quais são os principais benefícios adquiridos pelas empresas que investem os seus recursos na ferramenta. Confira!

Segmentação do público

Conseguir atingir diretamente as pessoas que tenham qualquer interesse nos seus serviços e produtos nunca foi tão fácil em toda a história do marketing. O digital invadiu as campanhas e, agora, as marcas conseguem planejar uma comunicação mais próxima do seu target com apenas alguns passos, graças aos sistemas de mídia paga como o Facebook Ads.

Baixo custo

Comparado às mídias tradicionais, o Facebook Ads oferece aos seus anunciantes maiores chances de sucesso por conta da segmentação, melhores análises de resultados com métricas eficientes e, tudo isso, com um preço mais acessível do que seria necessário para alcançar o mesmo público na televisão ou rádio, por exemplo.

Mensuração dos resultados

Uma das principais vantagens do marketing digital é a possibilidade de acompanhar instantaneamente o desempenho da sua campanha. Além dos números em tempo real, esse benefício permite que as marcas realizem modificações em seus anúncios visando alcançar a meta estipulada durante a realização do planejamento.

Algumas das métricas disponíveis são: taxa de conversão e retorno sobre o investimento (ROI).

Longo alcance

A internet se tornou um modelo de comunicação utilizado no mundo inteiro, por pessoas de diferentes idades e personalidades. Por essa razão, com um bom planejamento e direcionamento, muitas marcas já conseguem alcançar grandes parcelas dos seus públicos apenas usando o marketing digital.

Sendo assim, independentemente do alvo da campanha, com um investimento direcionado para a segmentação correta é possível anunciar para milhares de pessoas e obter resultados surpreendentes utilizando o Facebook Ads.

O melhor: o investimento vai ser utilizado para abranger apenas usuários do seu público-alvo, gerando impressões qualificadas e aumentando as chances de obter os resultados desejados em menos tempo.

Quais as novidades para 2019?

O marketing digital está em constante desenvolvimento. Por isso, é necessário estudar sempre para acompanhar essas mudanças. Manter uma estratégia atualizada, seguindo o desenvolvimento de novas estratégias é a chave para o sucesso.

Por sorte, nós já preparamos uma lista com as principais apostas do próximo ano!

Anúncios com realidade aumentada

O futuro já chegou nas redes sociais e o Facebook está cada vez mais preparado para fornecer a tecnologia necessária, visando uma interação profunda entre usuários e empresas.

A partir da realidade aumentada, esse relacionamento vai crescer ainda mais com a possibilidade de provar produtos recém-lançados, usando apenas a sua câmera. Por exemplo, atualmente, já é possível testar novos modelos de óculos, batons e sombras usando a função ”Tap to try” como CTA, em alguns países como os Estados Unidos. Em breve, essa modalidade vai estar disponível por aqui também!

Anúncios interativos

Imagine poder oferecer ao usuário a possibilidade de conversar com a sua marca a partir de um anúncio? Aprimorar a comunicação de uma marca é uma ótima estratégia para fidelizar os clientes e o Facebook Ads sabe disso.

Sendo assim, é possível estudar o comportamento do consumidor e anunciar vídeos comunicativos, incentivando a interação do público-alvo e fazendo com que o usuário sinta a necessidade de continuar a comunicação com a empresa. Dessa forma, o processo de conversão pode acontecer mais naturalmente.

Sistema de recomendações

Essa mudança aconteceu ainda em 2018, mas já é considerada uma aposta para 2019 com a descoberta dos usuários. O antigo ”Facebook Page Reviews” foi atualizado para ”Recomendações” e permite que os consumidores deixem as suas opiniões a respeito de estabelecimentos e lojas.

A partir dessa atualização, o Facebook deseja apresentar aos usuários um entendimento mais aprofundado do que esperar ao contratar um serviço, frequentar um ambiente ou adquirir um produto. Além disso, as recomendações auxiliam na hora de transmitir um feedback mais transparente ao público digital uma vez que partiram de outros clientes.

Melhorias na mensuração de vídeos

Os anúncios com materiais audiovisuais ganharam a cena nos últimos anos e abriram as portas para um mercado novo no marketing digital. Por essa razão, os sistemas de mídia paga, assim como as agências produtoras de conteúdo, precisaram se adaptar a essa nova demanda.

O Facebook Ads não perdeu tempo e já preparou a sua plataforma para acompanhar esse sucesso e, hoje, é possível, usando a função Video Metrics Updates, mensurar o desempenho das suas campanhas em vídeo.

Algumas das funcionalidades disponíveis nessa ferramenta são: otimizar a qualidade da campanha em vídeo, acompanhar o engajamento dos usuários e observar o comportamento da audiência depois de visualizar o anúncio.

Produtos à venda no Instagram Stories

Por último, mas uma das tendências mais esperadas para 2019, é a possibilidade de comercializar artigos usando a funcionalidade Stories do Instagram, rede social adquirida pelo Facebook em 2012.

A ideia é que os usuários que visualizem os conteúdos publicados nos Stories das marcas possam adquirir o mesmo produto com apenas alguns cliques. Essa opção já se tornou realidade para algumas lojas, como um teste para analisar a aceitação do público.

Ao publicar um novo conteúdo, as lojas podem adicionar ”Stickers”, direcionando o usuário para a janela de compra dentro do Instagram contendo informações como preço, entrega e forma de pagamento. Além disso, também é possível direcionar a audiência para a página de compra direta da própria empresa para confirmar a aquisição.

O futuro do marketing digital realmente é surpreendente e nós não podemos deixar de buscar conteúdos a todo instante sobre novas tendências, atualizações e comportamentos da sociedade. Podemos concluir que, sem dúvidas, o Facebook Ads sabe como realizar esse trabalho com sucesso, oferecendo para as empresas uma nova visão sobre anúncios em mídia paga. Proporcionando visibilidade, crescimento e fortalecimento de marca em uma mesma plataforma.

O que você achou deste texto? Quer conhecer ainda mais sobre o marketing digital para 2019? Então, curta a nossa página no Facebook e acompanhe as novidades do mundo online no próximo ano!